O deserto tem que ser visto como uma escola

“Todos os mandamentos que hoje vos ordeno guardarei para os fazer, para que VIVAIS, e vos MULTIPLICAREIS e ENTREIS e POSSUAIS a terra que o Senhor jurou a vossos pais” (Dt 8.1).

Moisés o grande líder hebreu admoestou ao povo para jamais se esquecer das bênçãos recebidas de Deus. Ele fez o povo tirar lições das experiências boas e ruins durante a peregrinação no deserto. Moisés conscientizou ao povo de que o deserto, não é o último lugar, o mais desprezível e condenável ambiente para se viver, mas uma região desprovida de inúmeras benesses, desde a água, a sombra, o frescor do dia, o laimento, etc. O deserto se constitui num grande desafio para Israel. Foi nele que Deus ensinou as lições de dependência de Deus, a humildade, a união e muito mais.Três promessas se encontram no verso em lide: a vida, a multiplicação e a prosperidade em todos os sentidos, tanto material como no contexto espieitual. Tenha vida, deixe Deus multiplicar seus bens e seja próspero na vida espiritual. Coma bem o alimento espiritual. Você não está no deserto!

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook