“Porque com conselhos prudentes tu farás a guerra e há vitória na multidão dos conselheiros” (Provérbios 24.6).

O evangelista João em sua primeira epístola afirma que a fé é quem garante a vitória do homem sobre as diversas circunstâncias da vida: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo e esta é a vitória que vence o mundo a nossa fé. Quem é que vence o mundo, sem ao aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?“ (1 João 5.4,5). Esta vitória triunfante é uma marca registrada de todos aqueles que vivem uma vida de piedade, ao lado do Espírito Santo que é a verdade (1 João 5.6). O homem para se tornar um vitorioso em sua caminhada cristã precisa observar três grandes conselhos, ou melhor, três chaves que são: o falar em línguas, a transformação da mente pela leitura e meditação das Escrituras e o louvor sincero ao SENHOR. O falar em línguas é uma promessa para todos os que aceitam ao SENHOR Jesus como Salvador e Senhor de suas vidas. A leitura e a meditação da Bíblia é outra chave que garante ao homem de Deus se tornar mais do que vencedor em Cristo. Trata-se de duas ações diferentes. A primeira nos permite ter conhecimento daquilo que lemos e a segunda nos força a praticar o que lemos por amor daquele que por nós morreu na cruz, Jesus Cristo. Por último, a terceira chave para a vitória se concentra no louvor sincero dos lábios de quem verdadeiramente ama ao SENHOR. Em 1986, quando atravessava por duras e difíceis fases de minha vida, li um livro intitulado “O louvor que liberta”. O autor Merlin Carothers diz num trecho dele assim: “Para que o nosso louvor alcance a perfeição que Deus quer para nós, ele precisa estar completamente divorciado da idéia de galardão. O louvor não é um método de se negociar com o SENHOR. Não podemos dizer a Deus: “Nós te louvamos em meio a esses problemas; agora, SENHOR, soluciona-os”. Louvar a Deus de coração puro significa deixar Deus purificar nosso coração de qualquer motivo indigno ou propósito escuso. Seja um vitorioso(a) neste ano de 2014. Amém!