Mulher ungida para a batalha espiritual

“Lava-te, pois, e unge-te, e veste os seus vestidos, e desce à eira; porém não  te dês a conhecer ao homem, até que tenha acabado de comer e beber”. (Rute 3.3).

A mulher de Deus precisa de uma unção especial para combater toda e qualquer potestade que se levante contra ela e sua casa. A mulher como vaso de verdade, para o uso constante do Espírito Santo, precisa conhecer as estratégias do inimigo com antecedência, a fim de poder lutar com segurança. O fator surpresa é de fundamental importância e o segredo está na vida de oração e santificação. Eliseu descobria tudo que o rei da Síria planejava, sem sair de sua casa e com bastante antecedência, porquanto, Deus lhe revelava todos os detalhes do que ele tramava contra o exército de Israel. Estas informações estratégicas deverão ser obtidas diretamente do trono de Deus. Ele revela aos seus ungidos que estiverem conforme a Sua vontade. Rute a moabita foi muito abençoada ao lado de Noemi porque obedeceu ao conselho de sua sogra que lhe disse: Lava-te, unge-te, veste os seus vestidos e desce à eira. Quatro atitudes que uma mulher deve desenvolver em sua vida para ser vitoriosa na batalha espiritual: se lavar, se ungir, se vestir e descer eira. Rute foi despertada para a batalha espiritual a qual começou quando ela se decidiu em seguir ao Deus de Noemi, e de todo o povo de Israel. .Quando falo sobre a importância da unção na vida do cristão é para que haja a operação do Espírito Santo na vida de cada um. A mulher de Deus para desfrutar dessa dádiva específica é preciso que tenha uma vida consagrada a Jesus Cristo. Não basta ser um vaso valoroso e belo sem ter uma fonte para enchê-lo. Quem é vaso, mas está longe da fonte, logo terá forte sede, sem contar que não poderá saciar a sede de ninguém, por mais intelectual e cheio do conhecimento que seja. A mulher espiritual e que sabe batalhar valoriza a sua unção e luta para ser cada dia mais usada por Deus. Pelo menos três fases devem ocorrer na vida dessa mulher para receber a unção, tomando como base a vida de Rute. Na fase inicial, a mulher ungida para a batalha espiritual necessita conhecer o verdadeiro Deus, produzir frutos de arrependimento e procurar esperar o tempo do Senhor em sua vida, isto, Rute fez com muita alegria e amor; Na segunda fase ela deve se lavar e colocar vestes limpas, este foi mais um passo cumprido pela moabita; e por fim a terceira fase, que envolve três momentos posteriores a unção divina: Manter-se vestida e isso fala de honra e santidade, descer à eira, que é traduzido por humildade, trabalho e obediência, para poder se apresentar em última instância ao Remidor, que é Cristo o que irá abençoar e enaltecer a mulher ungida para a batalha espiritual. Saiba que vaso ungido é vaso útil para o uso do Espírito Santo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook