Silêncio

“E, respondendo Jesus, disse-lhes: Digo-vos que, se estes (discípulos) se calarem, as próprias pedras clamarão” (Lucas 19.40).

A Igreja de Cristo, ao longo de sua existência, jamais ficou em silêncio, mesmo durante a época áurea do comunismo em todo o mundo, principalmente, na Rússia. Durante as grandes perseguições à Igreja, nos primeiros séculos, milhares pagaram com suas próprias vidas por professarem a fé no Senhor Jesus e, por isso, famílias inteiras foram dizimadas. As mortes dos cristãos foram as mais cruéis já vistas até hoje. Mesmo assim, não permaneceram em silêncio, mas pregaram o evangelho por amor a Deus e obediência à palavra. Hoje, a Noiva de Cristo parece trilhar um caminho sem grandes perigos e molestações. Os oponentes, usando a velha tática da boa vizinhança, preferem dizer que são “amigos do evangelho” a se levantarem, ostensivamente, contra o grupo evangélico ou “protestante” como os crentes em Jesus Cristo são chamados ao longo dos séculos. O silêncio tem incomodado a própria comunidade cristã. Poucos são os que rompem essa barreira e pregam com ousadia o evangelho da paz. O mundo está morto em seus pecados, “jaz no maligno” e muitos há que estão em silêncio, evitando proclamar as boas novas de alegria, que se constitui na mensagem salvadora capaz de levar o homem de um extremo ao outro, proporcionando-lhe paz, felicidade, esperança, alegria, salvação etc. O silêncio, nesses momentos que antecedem a vinda de Cristo, só serve para fazer proliferar as seitas e doutrinas falsas. Satanás tem se aproveitado desse momento sombrio para instalar o seu reino e difundir sua doutrina maléfica. Não podemos nos calar jamais. Devemos pregar o evangelho a tempo e fora de tempo, procurando levar o esclarecimento da verdade a toda criatura. Meu apelo é para que você e eu, juntos, não nos calemos. Devemos pregar, ensinar, divulgar os feitos de Cristo e fazer discípulos, pois é uma ordem dEle: “Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século” (Mateus 28.18-20).

Caso o amigo e irmão deseje adquiri o livro por inteiro Nas Asas do Espírito Volume 1, é só entrar em contato comigo pelos telefones (61) 9551-9827 (claro) ou (61) 8195-1942 (TIM) e ainda (61) 3242-4456, email orcelio.orcelio@gmail.com e farei o possível para que o livro chegue em suas mãos, uma vez que você não o encontrará, ainda, nas principais livrarias nacionais.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook