“Tu os levas como corrente d’água; são como um sono; são como erva que cresce de madrugada” (Salmos 90.5).

Outro dia, lendo um artigo sobre o sonambulismo, que, segundo os especialistas no assunto, trata-se de uma alteração em determinada fase do sono que permite que a pessoa realize atos num estado intermediário entre o sono e a vigília (estar completamente despertado). O autor dizia que não é aconselhável acordar o sonâmbulo. É recomendável que se estenda toalhas molhadas no chão para que o tal, pisando-as, acorde espontaneamente. Refletindo sobre o assunto, procurei raciocinar tomando como base as palavras de Moisés, quando cantou esse belíssimo Salmo, alertando-nos sobre o fato de a vida ser passageira, curta, sendo os nossos dias como um sono ou como a erva que cresce de madrugada. Diante desse relato bíblico sobre a transitoriedade da vida, alerto meus queridos irmãos e leitores, principalmente ao “sonâmbulo espiritual” – aquele que anda, conversa, e até participa de alguns trabalhos da igreja, mas não acorda para a realidade – que seu estado espiritual é como se estivesse sonhando, e assim ele vai levando a vida, segundo o desejo do seu próprio coração. O sábio rei de Israel nos deixa um alerta: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua Mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: não tenho neles prazer” (Ec 12.1). “Não há constatações de que o sonâmbulo, quando despertado, possa vir a sofrer algum dano”, assim afirma o autor. Paulo assim se expressou aos Efésios: “… desperta, tu que dormes… e Cristo te esclarecerá” (Ef 5.14). Para acordar o “sonâmbulo espiritual”, não precisa espalhar toalhas molhadas no chão como fazem os familiares preocupados com aqueles que sofrem deste mal. Deve espalhar no chão do coração a palavra de Deus, a fim de ser despertado, renovado, avivado e novamente voltar a ser um “braço forte do Senhor”. Despertai, despertai enquanto é dia! Caso contrário, sofrerá, sim, algum tipo de mal!

Caso o amigo e irmão deseje adquiri o livro por inteiro Nas Asas do Espírito Volume 1, é só entrar em contato comigo pelos telefones (61) 9551-9827 (claro) ou (61) 8195-1942 (TIM) e ainda (61) 3242-4456, email orcelio.orcelio@gmail.com e farei o possível para que o livro chegue em suas mãos, uma vez que você não o encontrará, ainda, nas principais livrarias nacionais.