“Tinha Joacaz vinte e três anos de idade quando começou a reinar e três meses reinou em Jerusalém, e era o nome de sua mãe Hamutal, filha de Jeremias, de Libna. E fez o que era mal aos olhos do Senhor, conforme tudo o que fizeram seus pais” (2 Reis 23.1,2).

O rei Josias morreu por pura imprudência. Faraó-Neco não queria lutar contra o rei de Judá, mas ele procurou afrontar o rei do Egito e o fim foi trágico. Joacaz, filho de Josias assumiu o trono e só reinou três meses em Jerusalém, porque Faraó o prendeu no Egito até a morte e colocou no lugar de Josias a Eliaquim um dos filhos daquele rei de Judá e aproveitou para mudar, também o seu nome de Eliaquim para Jeoaquim. O rei Joacaz não tinha legado, não construiu um bom reinado, ele contrariou a vontade do Senhor, ele fez o que era mal aos olhos de Deus e por isso o Senhor permitiu que o rei do Egito o afrontasse e o prendesse. Se você tem desejo de ser uma bênção nas mãos de Deus procure produzir frutos na obra do Senhor, a fim de que o seu legado seja frutífero. Deus espera que você produza frutos bons, dignos de toda honra e glória. Não se apresente vazio diante de Jesus Cristo, faça alguma coisa para Deus, desperte o dom que há em ti, valorize o que você já recebeu do Espírito Santo, mantenha a sua chama acessa e amplie a sua tenda e firme bem as estacas, não permita que o inimigo de nossas vidas ponha a boca no trombone e divulgue que você não tem nenhum legado. O bom legado é alcançado com dedicação à obra do Senhor. Faça alguma coisa enquanto é dia, pois a noite vem e ai não haverá mais como trabalhar em prol do reino de Deus.