O sistema de segurança do cristão

“… O meu amado tem uma vinha em um outeiro fértil. E a cercou de excelentes vides; e edificou no meio dela uma torre e também construiu nela um lagar; e esperava que desse uvas boas, mas deu uvas bravas” (Isaías 5.1,2)

Tendo em vista a crescente onda de assaltos e roubos à residências, a estabelecimentos públicos e privados e a inúmeras lojas em grandes shopping center é que cresceram as empresas especializadas em equipamentos de segurança digital. Estas empresas estão sempre aprimorando as técnicas de vigilância, bem como tornando as suas aparelhagens mais seguras e sofisticadas, a fim de proporcionar aos consumidores uma maior tranquilidade na segurança e na confiança. Hoje, para se instalar um sistema desses é preciso que haja um painel de controle ligado à central de monitoramente onde tudo funciona remotamente, é preciso também à instalação de sensores sem fio e possantes baterias, além de câmeras com alta definição e visão noturna; vídeos ao vivo; gravações atreladas a eventos, como entrada e saída de pessoas, sem contar com as fotos instantâneas que podem ser tiradas a distância e as importantes fechaduras eletrônicas que o próprio usuário poderá controlar de qualquer lugar onde estiver, basta ter um computador ou smartphone. Um aparato pra lá de sofisticado e por que não dizer caro. Observando essa forma de proteção e comparando o texto bíblico em lide, observo que o crente em Jesus Cristo possui um sistema de segurança capaz de lhe proteger vinte e quatro horas por dia. O sistema é instalado quando o homem aceita a Cristo como único e suficiente Salvador. O salmista diz: “Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livrará no dia do mal. O Senhor o livrará e o protegerá em vida; será abençoado na terra, e tu não o entregarás à vontade de seus inimigos” (Salmos 41.1-2). O cristão é comparado a uma vide, plantada num outeiro fértil. Para proteger essa vinha (eu e você), Deus utiliza um sistema totalmente diferente: uma sebe (cerca), ambiente limpo das pedras (tudo aquilo que poderá atrapalhar o crescimento da vide), uma torre (símbolo da proteção, vigilância segurança), e por fim o lagar (local onde são pisadas, prensadas as uvas para a produção do vinho). Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na hora da angústia, diz o salmista. Deus nos cerca com o seu amor e coloca anjos em nosso redor para nos proteger. Ele nos cerca com o seu poder e sob a sua autoridade nos deslocamos em segurança. Ele nos ajuda a vencer os obstáculos que surgem em nossas vidas, ele nos ajuda a retirar as pedras que muitas vezes impedem o nosso progresso espiritual e material; Deus também coloca o Seu Espírito Santo para nos orientar e nos avisar quando o inimigo vem para nos destruir, é a torre forte e por fim, nos deu o lagar, onde as uvas são pisadas e prensadas para produzir o vinho da alegria. Sem lágrimas, sem lutas e provações não produzimos o melhor de nós. Se implantarmos esse sistema de segurança em nossas vidas, certamente, o inimigo não ousará invadir a nossa vinha, a nossa vida.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook