Removendo o defunto do meio da igreja

“E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram. E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram” (Atos 5.5-6).

Não existia defunto no meio templo somente nos dias de Pedro, até hoje eles existem e tem causado sérios problemas ao crescimento da obra. O episódio relatado em Atos foi uma realidade, literalmente, Ananias e sua esposa Safira morreram ao entrarem no Templo de Jerusalém, após terem tentado enganar a Pedro um dos líderes da igreja na época. Pedro disse para eles: “Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus. E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram” (Atos 5.3-5). Há ainda um número considerado de crentes que não se despertaram do sono, estão dormindo enquanto o mundo está correndo para o precipício. Vidas estão sendo ceifadas pelo Diabo até hoje e os jovens, podendo colocar em prática as suas habilidades, força e vigor físico em prol de uma causa mais nobre, a pregação do Evangelho de Cristo, preferem fazer como os jovens do Templo de Jerusalém: “E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram”. Os jovens precisam ser despertados para a evangelização em vez de ficarem arrastando os mortos, os que não querem nada com Jesus e preferem mentir ao Espírito Santo. Em Eclesiastes há um conselho sábio: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: não tenho nelescontentamento” (Eclesiastes 12.1). Tem ainda hoje alguns que estão mortos na igreja, são crentes que nunca nasceram de novo e jamais experimentaram o poder de Deus em suas vidas. Eles estão nesse estado porque não conversam com Deus através da oração, não jejuam a fim de mortificarem a carne, não se alimentam da Palavra de Deus, vão ao templo somente quando os cultos e as atividades programadas lhe interessam. Como podem ser alcançados pelo poder do Espírito Santo? Como podem crescer na graça e no conhecimento de Deus? Como podem ser úteis na obra? São pessoas que só servem para arrastar os defuntos para fora do templo, para longe da presença de Deus. Cuidado com os arrastadores de defuntos que existem no nosso meio! Deixe o Espírito Santo fazer esse trabalho de arrastar os mortos do meio da igreja de Cristo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook