Deixe a sua luz resplandecer diante dos homens

“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus”( Mt 5.16).

Constantemente estamos ouvindo irmãos em Cristo comentado sobre os dias em que vivemos: e dizem que eles sãos realmente maus. Vivemos sim, dias tenebrosos, de ansiedade, de angústia, dias difíceis, etc. Não tiro a sua razão, de maneira nenhuma. Paulo escrevendo a Timóteo ele diz: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos” (II Tm 3.1). Se lermos o contexto da passagem, verificamos que Paulo mantém firme seu posicionamento, isto porque, os homens são amantes de si mesmos, avarentos, ou seja, têm seus corações no amor ao dinheiro, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela, etc. Paulo manda que Timóteo desse “grupo” se afaste. Tudo isso apaga a nossa luz. Os dias são de fato trabalhosos, mas nós, como servos do Deus Altíssimo, precisamos resplandecer como astros no mundo (Fp 2.15); a nossa luz precisa bilhar com grande intensidade e as nossas obras precisam ser divulgadas pelo mundo, este sim precisa ser o nosso porta voz; se as nossas obras forem dignas de louvor, o mundo certamente chegará a Cristo sem muito esforço, pois ele virá a presença do Senhor porque verão em nós a pessoa de Jesus Cristo, ou seja, lerão em nós a mensagem salvadora, porquanto somos a Carta de Cristo, escrita, não com tinta, mas com o Espírito Santo, em nossos corações (II Co 3.3). Queridos leitores, amados do Senhor, lembrem-se que a igreja tem como figura o autêntico castiçal, e este, tinha uma lâmpada em cada braço e para se manterem acesas precisavam do azeite puro de oliva (símbolo do Espírito Santo), logo, nunca deixe de alumiar. As lâmpadas ligadas as castiçal indicam que tal como elas, precisamos estar firmes à Igreja. Assim como todos os braços, independentemente de serem mais curtos ou mais compridos, tinham uma lâmpada; Deus também considera cada crente, na Igreja, uma luz, sem olhar para a sua posição social, idade, cultura, cor ou raça. Todos são sacerdotes (1 Pe 2.5) e têm uma missão para cumprir (Mc 13.34). Utilize-se do seu talento ou talentos e brilhe, brilhe muito conforme a sua capacidade (Mt 25.15). Jamais deixe de brilhar e ser uma luz verdadeira: luz com muito brilho.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook