Doutrina, fortalece, edifica, santifica e torna o cristão sadio espiritualmente.

“Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom Ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido” (1 Timóteo 4.6)

A verdadeira doutrina procede da pessoa de Deus: “Jesus respondeu e disse-lhes: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou” – João 7.16 – logo, sem doutrina a igreja de Cristo não sobrevive em fortificação e fé, mas perde o rumo do céu, faz naufrágio na fé, torna-se vulnerável às heresias e seitas que surgem todos os dias, com propósitos de confundir os santos que não têm doutrina firmada. Sem doutrina, o cristão deixa de observar e praticar os ensinamentos de Cristo, deixados em Sua Palavra para nossa edificação. Sem doutrina ele se afasta de Cristo com facilidade: “Todo aquele que prevarica e não persevera na doutrina de Cristo não tem a Deus; quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto o Pai como o Filho” – 2 João 9. Sem doutrina a morte espiritual é certa: “Se alguém ensina alguma outra doutrina e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, contendas de homens corruptos de entendimento e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho, Aparta-te dos tais” – 1 Tm 6.3-5. É muito sério, para aqueles que querem morar no céu, rejeitar os cultos de doutrina, onde se aprende a manusear a Palavra da Verdade. Muito me preocupa o fastio de muitos crentes hoje. Quando a igreja não vê a liderança comparecer aos cultos de doutrina, certamente sentir-se-á desestimulada e não comparecer também. Os conjuntos, os cantores, os solistas, os músicos, em fim, todos, devem se sentir atraídos pelo culto doutrinário, ou seja, o culto de ensinamento da Palavra de Deus. Como ministro do evangelho e líder espiritual, sabedor de que é através desse culto que se aumenta a fé, a edificação e a firmeza em Cristo, conclamo a você meu amigo que tem se afastado do culto de ensinamento e por isso, andas tão vazio e tão morno nestes últimos dias. A minha exortação é para que você não deixe o fastio espiritual se apoderar de sua vida. Sinta prazer em comer da Palavra de Deus, pois ela é que alimenta a alma e o espírito. Quem não gosta de doutrina torna-se orgulhoso (1 Tm 6.3,4); ignorante e maníaco por contenda (1 Tm 6.4), diz a Bíblia. Paulo orientou muito bem a seu “filho na fé” Timóteo: “Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom Ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido” (1 Timóteo 4.6). Compareça aos cultos de doutrina de sua igreja. Participe do ensino, pois é ele que irá lhe proporcionar força e fé para caminhar como bom soldado de Cristo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook