Ei! Não ofereça ao moço um espelho!

“Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor” (2 Coríntios 3.18).

Fiquei intrigado porque o rapaz disse para seu amigo não oferecer um espelho a pessoa que estava sentada a pedir esmolas. Na verdade o semblante do homem era de alguém muito humilde e sofrido pelas necessidades que atravessava naquele momento, ainda mais que estava com os seus cabelos rebeldes, mal tratados e bagunçados, parecia que não via água e pente há muitos meses. Se ele tivesse contemplado o seu rosto no espelho oferecido pelo rapaz, certamente, tomaria alguma atitude, mas infelizmente, depois de alguma análise vimos que o moço era cego e não podia se mirar no espelho que lhe fora ofertado em tom de brincadeira para que o mendigo pudesse contemplar a si próprio e tomar alguma atitude em relação a sua aparência naquela tarde de sábado. Alguém disse certa vez: “nunca ofereça um espelho a um homem cego, se o tal homem é tão orgulhoso a ponto de não ver suas imperfeições, ele apenas discutirá com você a fim de apontá-las fora dele mesmo”. Não seria bem o caso daquele homem, ele aparentemente não era arrogante, nem presunçoso e muito menos testamos se ele aceitava ou não correções. Aquele pobre necessitado tão somente não podia ver a sua própria fisionomia e tomar uma atitude decente. Diferentemente de alguns que mesmo se olhando no espelho não conseguem enxergar nenhum defeito, pelo contrário, estão sempre virando o espelho para os que estão em sua volta, o problema nunca está nele, porém nos outros. Eles são blindados de modo que não aceitam nenhuma correção, nem a admoestação de ninguém. Eles se acham perfeitos, os seus caminhos são por eles considerados uma perfeição, e nem caindo num atoleiro ele dirá que está errado: “Há caminho qu ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (PV 14.12). Muitos até perdem a vida, mas não dão o braço a torcer. A esses não se deve oferecer um espelho, porquanto eles não vêem neles imperfeições.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook