Três chaves que garantem a vitória

“Porque com conselhos prudentes tu farás a guerra e há vitória na multidão dos conselheiros” (Provérbios 24.6).

O evangelista João, em sua primeira epístola, afirma que a fé é que garante a vitória do homem sobre as diversas circunstâncias da vida: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?” (1 João 5.4-5) Esta vitória triunfante é uma marca registrada de todos aqueles que vivem uma vida de piedade, ao lado do Espírito Santo que é a verdade (1 João 5.6). O homem se tornar um vitorioso em sua caminhada cristã quando ele dá o primeiro passo através da fé em Jesus Cristo. O cristão fiel e obediente ao Senhor pode ter sucesso em todos os contextos de sua jornada, basta permanecer firme na fé e observar três grandes conselhos, ou melhor, três chaves: o falar em línguas, a transformação da mente pela leitura e meditação nas Escrituras e executar o louvor sincero ao Senhor. O falar em línguas é uma promessa para todos os que aceitam Jesus como Salvador e Senhor. Em Joel está escrito: “E há de ser que, depois, derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas, naqueles dias, derramarei o meu Espírito” (Joel 2.28-29). Paulo também diz: “E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé, e a outro pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro, a operação de maravilhas e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas” (1Co 12.9-10). A evidência primordial do batismo com o Espírito Santo é o falar em línguas. O crente pode ser cheio do Espírito Santo e não necessariamente falar em línguas. Quem fala em línguas edifica somente a si mesmo. Tal procedimento torna o cristão mais forte espiritualmente e com grandes possibilidades de receber outros dons do Espírito, como o de profetizar. Quando oramos em línguas estranhas, nosso espírito ora bem, todavia, o entendimento nada produz, diz Paulo: “Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto” (1 Co 14.14). O orar em línguas estranhas não permite que Satanás descubra nossas estratégicas espirituais, daí ser uma chave para a vitória. A leitura e a meditação da Bíblia é outra chave que garante ao homem se tornar mais do que vencedor em Cristo. Trata-se de duas ações diferentes. A primeira nos permite ter conhecimento daquilo que lemos e a segunda nos força a praticar o que lemos por amor àquele que por nós morreu na cruz. A leitura nos abre o entendimento e a meditação nos garante maior intimidade com Deus, pois nos faz mais do que vencedores. Quando meditamos na Palavra de Deus, transportamo-nos para um estágio precioso de nossa vida. É como se passássemos do lugar Santo, para o Santo dos santos, referindo-se ao Tabernáculo do Antigo Testamento. Ali a intimidade é maior, a santidade é a razão de não sermos consumidos. Quem almeja ser vitorioso no caminho da fé, precisa meditar sobre a Bíblia e não somente lê-la. Por último, a terceira chave para a vitória é o louvor sincero dos lábios de quem verdadeiramente ama ao Senhor. Em 1986, quando atravessava por duras e difíceis fases de minha vida, eu li um livro intitulado “O louvor que liberta”. O autor, Merlin Carothers, diz num trecho dele: “Para que o nosso louvor alcance a perfeição que Deus quer para nós, ele precisa estar completamente divorciado da ideia de galardão. O louvor não é um método de se negociar com o Senhor. Não podemos dizer a Deus: “Nós te louvamos em meio a esses problemas; agora, Senhor, soluciona-os”. Louvar a Deus de coração puro significa deixá-lo purificar nosso coração de qualquer motivo indigno ou propósito escuso. Temos que passar pela experiência da morte do eu para que possamos viver novamente em Cristo, em novidade de mente e de espírito. Morrer para o eu é um processo progressivo, e eu cheguei à conclusão de que esse caminho é percorrido somente através do louvor”. Falar em línguas, ler e meditar na Bíblia para ter uma mente transformada e louvar com um espírito sincero ao Senhor são realmente as três chaves para sermos vitoriosos em tudo. Faça o teste você mesmo.

Caso você deseje ler toda a Coleção Nas Asas do Espírito, Principalmente o Volume III, de onde foi tirado este texto, ou o livro Avistei o Farol, onde narro parte de minha vida secular, ou seja, testemunhos que me ocorreram na minha trajetória na Marinha do Brasil, entre em contato comigo e adquira todos os livros por um preço espetacular, é só fazer contato pelos telefones (61) 9551-9827 (claro) ou (61) 8195-1942 (TIM) e ainda (61) 3242-4456, email orcelio.orcelio@gmail.com e farei o possível para que os livros cheguem em suas mãos, uma vez que você não os encontrará, ainda nas principais livrarias nacionais.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook