Igual a esse tenho visto poucos!

“Não sejais vagarosos no cuidado, sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor” (Romanos 12.11).

O apóstolo Paulo apresenta o perfil de uma pessoa crente que é digno de ser seguido, pois preenche todos os requisitos exigidos no passaporte para o céu. Iniciando pelo fervor no espírito. Ou seja, despertado em todos os sentidos da vida. Isso é algo de grande valia para suportar esses dias tão desalentadores, pois tudo é motivo para que o crente não sirva bem a Deus, nem continue lutando pela fé, nem creia nas promessas do Senhor. As torpezas desse mundo são tão constantes que alguns não tem tempo para pensar nas coisas que são de cima; os que conseguem o fazem com grande esforço e disciplina exemplar, pois as notícias, os casos deprimentes que acontecem a cada instante, aqui no Brasil e no pelo mundo a fora, são tão chocantes que deixam muitos em estado de perplexidade e quando muito, desanimados para prosseguir na caminhada cristã. As forças do inferno são tão expressivas que alguns até argumentam que não há mais remédio, não existe mais solução para o problema da humanidade. É bem verdade que a situação é caótica, porém, o sangue de Jesus Cristo jamais deixou de funcionar e de ser poderoso para purificar o homem do mais vil pecado e conduzi-lo aos trilhos que levam as mansões celestiais. Quando abro a Bíblia e encontro uma expressão como essa: “…sede fervorosos no espírito…”, eu me renovo e me edifico grandemente. Uma injeção dessas é sempre bem vinda, pois me coloca novamente na estrada com Cristo, e não mais às margens do caminho da Salvação. A fórmula dessa dosagem de ânimo faz com que as forças sejam de novo fortalecidas e revigoradas. Continua Paulo: “Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração” (Rm 12.12). Que coquetel vitamínico tremendo. A oração é quem nos mantém de pé, firmes para batalhar pela causa do Evangelho de Cristo. Quem se alegra na esperança de vida eterna, tem sempre um motivo a mais para não se desesperar nos momentos de lutas e tribulações. Nas horas da tempestade espiritual é recomendável que se tenha paciência, muita paciência, para isso, a perseverança na oração é um ingrediente motivador. Paulo ainda recomenda que nas horas turbulentas é bom comunicar com aqueles que têm vida espiritual, que levam uma vida de consagração, que são capazes de dedicarem horas de suas vidas para atender a um necessitado de consolação: “Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade. Abençoai aos que vos perseguem; abençoai e não amaldiçoeis” (Rm 12.13,14). Não é receita de bolo não, é a Palavra quem manda agirmos assim. Como é maravilhoso nos alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram, procurando ser unânime uns para com os outros. Quem age assim é digno de toda atenção por parte do Senhor Jesus. É por isso que, igual a esse que assim procede, tenho visto poucos.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook