“E eu apascentei as ovelhas da matança, as pobres ovelhas do rebanho; e tomei para mim duas varas: a uma chamei Suavidade e à outra chamei Unção (Laços); e apascentei as ovelhas” (Zacarias 11.7).

O clima que norteia a Seleção brasileira de futebol é muito bom, isto, segundo o que é divulgado na mídia. A alegria e a camaradagem tem sido uma constante entre os jogadores canarinhos, comentam alguns repórteres. União é bom para todo e qualquer ambiente onde se tenha ajuntamento de pessoas. Há um texto em Amós que diz: “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Bramirá o leão no bosque, sem que tenha presa? Levantará o leãozinho no covil a sua voz, se nada tiver apanhado? (Amós 3.3,4). É claro que não andarão dois juntos se não estiverem de acordo, por isso é de fundamental importância a união. O texto em lide fala de duas varas interessantes tomadas por Deus e registradas pelo profeta Zacarias, uma delas chamada Suavidade e a outra União. A harmonia e o amor fraternal são essenciais para que a suavidade e a união se instalem no seio do grupo, da sociedade, da igreja, da escola, da concentração dos jogadores e até mesmo no campo de futebol onde há uma disputa, uma competição. Como é agradável desfrutar de um local onde predomina o respeito, o amor, a suavidade e a união. Deus precisa de mim e de você para promovermos este ambiente, por isso é muito bom que nos esforcemos para levarmos suavidade e união em todo e qualquer lugar que os nossos pés alcancem. Conto com você.