“Também Isaías clama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo” (Romanos 9.27).

A COPA do Mundo aqui no Brasil, que terá inicio no dia 12 deste mês, data em que a Seleção brasileira irá abrir as festividades, jogando contra a Seleção da Croácia. Os noticiários na mídia afirmam que quase três milhões de ingressos já foram vendidos para os jogos a serem realizados nas arenas de futebol espalhadas por esse Brasil a fora. Segundo a FIFA, entidade responsável pelo espetáculo, jamais se tinha vendido tantos bilhetes diretamente para o público em geral o que se tornou um marco para o órgão até hoje. O apóstolo Paulo escrevendo aos romanos faz alusão às próprias palavras do Senhor Deus que dissera a Abraão que os filhos de Israel seriam tal como a areia do mar, incontáveis, porém, inseriu ele no contexto o remanescente, aqueles que foram alcançados pela fé, aceitaram a Cristo como o seu único e suficiente Salvador. Um grupo que não sente prazer em ir aos estádios para torcer por nenhum time, nenhuma modalidade que se apresente em ginásios ou em quadras, mas que tem a sua alegria e o gozo da alma oriundos diretamente da ação do Espírito Santo, o grande e eterno Consolador daqueles que crêem em Jesus Cristo como seu Senhor e rei. São dois grupos importantes, o primeiro é o responsável pela realização do espetáculo da FIFA, sem ele não se teria a COPA. A festa, o consumo de tudo que envolve o evento, o turismo, a divulgação, as medalhas, a taça, etc, tudo se deve ao público que aprecia o futebol. Esse grupo não se importa com a distância, nem com os gastos e com a saúde, o que interessa é somente torcer e participar da competição mais significativa do futebol. O outro grupo torce também, mas de forma discreta, sem ir para as ruas, para as arenas, e para as concentrações das Seleções com suas bandeiras em punho e gritando o nome dos jogadores, que para o primeiro grupo são chamados de ídolos. O segundo grupo se esforça para não entrar no clima da COPA da FIFA, porque a COPA deles tem outro significado: Cristo, Oração, Perdão e Amor (COPA). Este grupo é um grupo que Ama o seu semelhante, e a Jesus Cristo; uma multidão que sabe o valor e o significado do Perdão, que busca ao seu Senhor todos os instantes em Oração e jamais deixaria ao seu Salvador, Cristo, por nada nesta vida. Em qual grupo você está?