“Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, Galiléia e Samaria tinham paz, e eram edificadas e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo” (Atos 9.31).

As igrejas nos dias de Paulo apresentavam essas características fantásticas: tinham paz, eram edificadas, se multiplicavam, andavam no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo. As de hoje, não podem deixar de lado esses requisitos que fizeram as primitivas triunfarem ao longo dos séculos. Quem almeja ser vitorioso necessita como Igreja de Cristo, ter paz, lutar para adquirir conhecimento das verdades bíblicas, ser obediente à Palavra e as doutrinas contidas nas Escrituras, a fim de se manter edificado, e, por conseguinte, divulgar ao mundo os feitos do Senhor, testemunhando do que Jesus fez, faz e fará na vida dos que nele depositam a sua fé, de modo que o reino de Deus possa sempre se multiplicar. Redobre a vigilância para jamais deixar de lado o sentimento de temor a Deus, pois, se o cristão permanecer temente ao Senhor, certamente, andará na consolação do Espírito Santo. Não se consegue nenhum êxito espiritual e material se Deus não estiver aprovando nosso ministério e a obra que estamos realizando para Ele. A igreja quando sente a mão do Senhor sobre o obreiro para abençoá-lo, ela faz a sua parte, orando, intercedendo e apoiando-o em todos os sentidos. A igreja primitiva andava em plena união, por isso tinha paz; não lhe faltava o alimento espiritual que recebia todos os dias quando se reunião os cristãos nas casas e no templo, motivo pelo qual a igreja era edificada; por causa disso o Senhor acrescentava todos os dias os que haviam de se converter, porquanto, a multiplicação era uma realidade; em todos os corações havia uma disposição para servir a Deus, e o temor que os cristãos demonstravam contagiava as pessoas descrentes, razão pela qual o Espírito Santo salvava, batizava e dava dons a todos os que criam em Jesus. A igreja de hoje pode, também, desfrutar das benesses celestiais como rebanho de Cristo, bastando tão somente observar as recomendações em lide. A Bíblia diz: “…não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I Jo 4.1). Muitos perdem a paz e deixam de andar no temor do Senhor porque dão ouvidos a qualquer notícia sem fundamento bíblico. Na dúvida procure seu pastor e ele lhe esclarecerá!