“Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo. Ela assentava-se debaixo das palmeiras de Débora, entre Ramá e Betel, nas montanhas de Efraim; e os filhos de Israel subiam a ela a juízo.” (Juízes 4.4-5).

Débora, “abelha” em hebraico foi uma mulher de personalidade diferenciada das mulheres de sua geração em Israel. Ela foi  juíza e teve como principal responsabilidade, julgar o seu povo, Israel.  Seu esposo chamava-se Lapidote, “Tochas” em hebraico. O que maravilha se a tocha ardente do Senhor Deus incendiasse seu coração quando você lesse esse texto das escrituras sagradas. Que a sua vida seja marcada pela tocha ardente, à semelhança da coluna de fogo, da lâmpada no tabernáculo e da glória de Deus, que simbolizavam a presença majestosa do Senhor movendo-se em meio ao seu povo. É assim que Deus se moveu como uma tocha de fogo entre os pedaços divididos dos animais sacrificados para confirmar Sua aliança com Abraão e apareceu no cintilar de relâmpagos no Sinai. Quando Sião for finalmente libertada, sua salvação será como uma lâmpada acesa e seus governadores como uma “tocha acesa”. Débora é uma mulher diferenciada porque sob andar na direção de Deus. Ela tinha uma liderança firme e uma capacidade distinta para dirigir, conduzir, liderar, e legislar sobre o povo de Israel. A liderança de Israel, até então, era exclusivamente e tradicionalmente “maxista”, ou seja, só o homem é que estava em evidencia diante de Deus. O que Deus fez? – Girou a liderança – passou a ditar as normas ao povo mediante o vaso feminino – mudou a forma de presidir, agora era uma mulher e não um homem que daria ordens ao povo. Permita que neste dia o Espírito Santo se mova sobre sua vida. Deixe que o  Espírito Santo se mova continuamente sobre sua vida. A quanto tempo você não sente o mover do Espírito Santo. Conceda o vento do Espírito Santo soprar sobre você e sua família. Deixe Deus lhe usar e fazer de você um vaso e tenhas condições de receber as bênçãos que Ele, Deus, tem para você e os seus familiares. Jamais se afaste do centro da vontade de Deus. Quantos têm se afastado da presença excelsa do Senhor? Quantos têm se distanciado do caminho da salvação? Quantos têm negligenciado a Obra de Cristo? Quantos têm desanimado de prosseguir avante devido algum tipo de aborrecimento com obreiros, liderança, etc. Deus te diz neste dia de hoje: Não se afaste do centro de minha vontade. Volte logo… Deus espera que você tome hoje uma posição. Porque deixaste de fazer a Obra de Deus? Seja valoroso como foi Débora na condução do povo de Israel.