O sistema de Deus versus o sistema do mundo

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” (Mateus 7.13,14).

Como você definiria uma pessoa bem-sucedida nos dias de hoje? Grandes metrópoles, consumismo, shopping-centers, o aumento do contraste entre ricos e pobres, pessoas solitárias num mundo super povoado, violência, roubos, assassinatos, destruição da natureza, poluição. Como começaram estas coisas? Como terminarão? É possível sair desse sistema? Como? Quando olhamos para o principio da criação destacamos dois níveis importantes: o nível material e o nível espiritual. Dentro deste último encontra-se o Sistema de Deus e o Sistema do mundo. A Bíblia afirma claramente: só existem duas portas, a estreita e a larga, ou se entra em uma ou na outra. Não há uma porta no meio! De igual maneira só existem dois sistemas: o de Deus, baseado na Sua vontade, nos Seus preceitos, no amor e na obediência, e o do mundo, baseado na ambição, na luta pelo poder, na vontade própria, na rebeldia, na corrupção e na mentira descarada. O sistema do mundo começou a ser implantado com Caim, filho de Adão e Eva. Quando ele retirou-se da presença do Senhor e por conta própria edificou uma cidade para si: “E saiu Caim de diante da face do Senhor, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden. E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu, e deu à luz a Enoque… vós, mulheres de Lameque, escutai as minhas palavras; porque eu matei um homem por me ferir, e um jovem por me pisar. Porque sete vezes Caim será castigado; mas Lameque setenta vezes sete. E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela deu à luz um filho, e chamou o seu nome Sete; porque, disse ela, Deus me deu outro filho em lugar de Abel; porquanto Caim o matou. E a Sete também nasceu um filho; e chamou o seu nome Enos; então se começou a invocar o nome do Senhor.” (Gn 4.16-26). O sistema do mundo é um sistema cruel, que na maioria das vezes não temos condições de alterar. Por exemplo, as pessoas “bonitas”, segundo o padrão do sistema, já nascem assim, bem como as pessoas “inteligentes”. Conhecemos muito bem as conseqüências disso: sentimentos de incapacidade, de inferioridade, auto-desprezo, desespero, sentimentos que geram inveja, ambição, neuroses, ódio, alcoolismo, drogas, violência. O sistema de Deus é diferente, pois, nele reina a Pessoa de Cristo. Trata-se de um sistema que promove a paz interior, faz com que o homem dependa de Deus, sirva com amor ao Senhor, não valorize tanto o receber, mas o dar. O sistema de Deus é baseado no conhecimento e aproximação de Jesus Cristo, bem como no viver em santificação o que traduz a intimidade do ser criado para com o seu Criador: Já o sistema do mundo tem como fundamento o prazer edonista e a busca desenfreada pelo sucesso pessoal em todos os sentidos. “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada.” (PV 31.30). Deus nos chama para sairmos do sistema do mundo. Paulo disse: “Não vos conformeis com este mundo…” (Rm 12.1-3). É possível viver neste mundo vil e pecador e não fazer parte do seu sistema falido e doentio? Sim, é só proceder como Daniel e seus três amigos na Babilônia.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook