“Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego.” (1 Reis 18.38).

Elias, o profeta de Tisbe, foi um homem de Deus que teve sua vida marcada pelo “fogo do céu”. O fogo é um símbolo do crente “batizado com o Espírito Santo e com fogo” (Mt 3.11b); Nos dias de Elias a nação judaica atravessava dias tenebrosos. Não só a seca e a fome assolavam-na, mas também, a decadência espiritual era uma calamidade. Governava a nação de Israel o rei ímpio e mau chamado Acabe, cuja esposa, filha de Etbaal, rei dos Sidônios, por nome Jezabel, tornou-se um exemplo de idolatria, prostituição e perversidade. Foi nesse clima de “gelo espiritual” que surgiu o profeta Elias, cheio de fé e ardor no espírito, capaz de incendiar os profetas de Baal. Ele fez derreter a incredulidade e destruiu a idolatria dos 850 falsos profetas de Baal e Aserá. Eram muitos, como disse Elias, mas o poder de Deus que estava com o profeta era muito maior. Que Deus conscientize o seu povo de que os “deuses” da idolatria e da feitiçaria nada podem fazer sem que haja a permissão do Senhor. Que Jesus Cristo ajude a cada crente a perceber onde predomina a idolatria e toda a sorte de feiticismo, pois tais práticas abominam ao Senhor e propiciam o sofrimento e a morte espiritual do povo que as pratica. Elias para vencer a batalha diante dos profetas de Baal tomou algumas medidas: condenou o pecado do povo e de Acabe, rei de Israel que o havia acusado de perturbar o povo de Israel; quando apontamos as falhas de alguém, o pecado de uma pessoa, muitas vezes somos incompreendidos, somos taxados de santarrões, perturbador, etc., porém, quando o homem e a mulher são vasos de Deus, não deve temer o que possa lhe fazer o homem. Disse Elias ao rei de Israel: “eu não tenho perturbado a Israel, mas tu e casa de teu Pai…” A vida de Acabe era assim: ele fez o que era parecia mal aos olhos do Senhor; mas do que todos os que foram antes dele; tomou por mulher a Jezabel, uma mulher ímpia, filha de Etbaal, rei dos Sidônios e encurvou-se diante de Baal, na casa de Baal que edificara em Samaria. Elias tinha moral espiritual, pois vivia uma vida na presença de Deus: “Então Elias disse a todo o povo: chegai-vos a mim. E todo povo se chegou a ele; e reparou o altar do Senhor, que estava quebrado”. Você quer ser um vitorioso na vida? Então trate de manter o seu altar erguido na presença de Deus. Jamais desafie o inimigo, Satanás, sem que o seu altar esteja em santificação e honra diante de Deus. Elias para ser bem sucedido diante dos profetas de Baal, ele reparou o altar que estava com fendas: “…E reparou o altar do senhor que estava quebrado”. Com esse ato Elia demonstrou que tinha autoridade, fé e que tinha intimidade com Deus. Como está o seu altar, a sua vida? Se sua vida estiver em plena consagração diante do Senhor, então Ele não demorará em responder as suas orações. Quando desceu fogo do céu, o povo foi despertado e a batalha contra os profetas de Baal foi vencida. Não permita que o fogo de Deus se apague em sua vida.