“Alegrei-me, quando me disseram: Vamos à casa do Senhor”. (Salmos 122.1)

(Cooperação da pastora Cléo Guedes)

Quando lemos esse texto, geralmente, o aplicamos a nós mesmos, porém, existem alguns objetos que nos pertencem e que devem ser levados à casa do Senhor, como fazendo parte do culto a Deus, muitas vezes deixados para trás, não entrando no templo, o local de nossa adoração. Esses pertences se pudessem falar, certamente, iriam reclamar conosco e ficariam deveras tristes por perderem, quase sempre, a oportunidade de serem úteis a nós mesmos no período de culto ao Senhor. A alegria do salmista Davi, poderia ser completa para nós se em nossa mochila, acompanhasse o seguinte kit: uma Bíblia, uma harpa cristã ou hinário específico, quem toca o seu instrumento musical, os óculos para os que dependem deles para a leitura ou ver melhor de longe, etc.  Imaginemos se eles falassem poderiam dizer: A Bíblia – Hoje eu fui esquecida, mais uma vez. As minhas páginas não serão usadas  novamente na casa do Senhor e o meu dono ficará sem ler, ou mesmo compreender o que for ministrado, pregado, ensinado. Como poderá ele descobrir, pela Palavra a vontade de Deus para sua vida? A maioria das vezes, exclamaria ela, fico em casa, ou no interior do carro. Os óculos – Quantas vezes o meu dono deixou de acompanhar a leitura bíblica ou o ensino ministrado porque não levou os óculos para a casa do Senhor. Nem o vizinho do lado emprestando o seu, não dá, pois o grau é diferente. E assim mais uma vez o culto deixa de ser bem compreendido e a alegria não preenche o coração de forma total. Alguns até murmuram dizendo que não conseguiram sair do templo alegres e edificados, culpando os ministradores da palavra e os ministros de louvores. Contam alguns historiadores de igreja que certa irmã em Cristo deixou de ir á igreja durante algum tempo. O pastor zeloso, percebendo o fato resolveu visitar-lhe. Lá chegando lhe perguntou o motivo de sua ausência aos cultos e ela prontamente respondeu-lhe: como posso ir à igreja se meus óculos sumiram? Então o pastor após o aconselhamento resolveu ler um trecho das Escrituras e perguntou-lhe onde estava sua Bíblia e ela apontou o local na estante. Quando o pastor pegou a Bíblia, os óculos daquela irmã esta marcando as páginas de uma epístola paulina. Logo, nem a Bíblia era lida e nem a irmã ia aos cultos. Que prejuízo espiritual! A harpa ou hinário específico da congregação – é outro objeto que deve fazer parte do kit. Ela também reclamaria dizendo: meu dono não apresentará o perfeito louvor congregacional, pois eu fiquei em casa e assim fazendo, chegará a trinta anos de crente sem saber a letra e a música do hinário. A harpa cantada traz aos corações um grande mover do Espírito. Não deixe de trazer sua harpa para os cultos, mesmo que os recursos áudios-visuais disponíveis na hora do louvor sejam utilizados,  tal como o data-show. O instrumento musical – Meu marido é músico e meus filhos também, e quero aqui apresentar um bom conselho aos músicos: façam de seus instrumentos um veículo para a salvação de vidas. O instrumento bem afinado e apto para ser usado é parte fundamental em um culto. Ele é peça importante na adoração a Deus desde os tempos remotos. No Salmo 150 há uma lista que engloba várias classes instrumentais. O músico de hoje deve sentir-se privilegiado pelo dom que Deus lhe deu, a habilidade em tocar acordes que enaltecem o nome do Senhor. Se o seu instrumento pudesse falasse, diria: fiquei em casa mais uma vez e desfalquei a orquestra, deixando de contribuir para a alegria de muitos durante o culto. Não poderei alcançar os corações tristes com o meu som e Deus não será glorificado em todo seu esplendor. Por favor, me leve ao culto novamente! A oferta e os dízimos – também fazem parte do culto a Deus. Quando deixamos de contribuir o culto não será totalmente completo. A oferta de tivesse voz diria: hoje a quantia necessária para pagar as contas e ajudar aos necessitados não será suficiente, pois fiquei esquecida em casa, na carteira no carro…, mas o pior é quando eu vou à igreja e fico sem a minha oportunidade, eu como eu ficasse em casa, não pude glorificar ao Senhor. Queridos irmãos, a Bíblia nos chama a responsabilidade, para oferecermos a Deus um culto racional e perfeito. Tudo o que é usado na preparação e apresentação do culto ao Senhor, é importantíssimo, então não deixe em casa a sua Bíblia, sua harpa, seu instrumento, sua oferta, seu dízimo, pois Deus se agrada quando oferecemos a Ele o melhor. Quando isso acontece, Ele nos honra com o que há de bom e de melhor em seu reino. Deus vos abençoe!