“Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma” (Tiago 1.2-4).

Alguns cristãos encontram grandes dificuldades para serem pragmáticos para com a Palavra de Deus, pois, não se vive aquilo que está escrito nela vivendo uma vida dissociada da comunhão com Deus. O Senhor dá aos seus filhos todas as condições para que consigam pela fé e paciência permanecerem na Sua presença. Não é fácil, realmente, cumprir o que está preconizado nas Escrituras sem que o Espírito Santo ajdude, para isso é preciso o homem e a mulher de Deus levar uma vida de piedade, evidenciando o fruto do Espírito Santo: “Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança” (Gálatas 5.22). Perseverar nos momentos de tribulação e provações, de modo a se ter paciência e calma para resolver problemas não é coisa tão fácil para alguns, porém, é preciso passar por estas fases complicadas e só se consegue amenizar se o Senhor ajudar, para isso, faz-se necessário estar em sua presença. “Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma” (Tg 1.4). Por que muitas coisas estão faltando em sua vida? Você acha isso bom? Acho que não, porquanto ninguém se alegra com a falta constante dos itens básicos para a vida material, e também, na espiritual, os quais são: oração, leitura e meditação na Palavra de Deus, assiduidade aos cultos, participação da Ceia do Senhor, o culto de ensinamento e doutrina, a Escola Bíblica dominical, etc. Tudo isso faz falta à vida espiritual e quando negligenciamos alguns desses itens, encontramos dificuldades para vencermos as lutas e tribulações que nos cercam. Se você tem uma necessidade como alcançará a vitória? Tiago diz: “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”. (Tg 1.5). É preciso orar ao Senhor e rogar-lhe sabedoria para administrar e passar com facilidade pelas lutas e provações. É imperativo confiar em Deus nas horas de dificuldades. Confiar piamente em sua Palavra e em Suas promessas: “Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.” (Tg 1.6-7). O que fazer na hora da provação? Crer, ter fé em Deus e procurar ser cumpridor de Sua Palavra. Tiago mesmo afirma: “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” (Tg 1.22). Quando o homem e a mulher cristãos são cumpridores fiéis da Palavra de Deus, tudo se torna mais tranquilo nas horas de provações. Tenha fé meu irmão!