“E o anjo lhes disse: não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo, pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o SENHOR”. (Lucas 2.10,1).

Do latim, natale, natal significa nascimento e os cristãos a tomaram para dizer ao mundo que o Senhor Jesus Cristo, o Salvador eterno, nasceu, trazendo paz, amor, esperança e remissão dos pecados a toda humanidade. Os locais de grandes concentrações nessa época já estão bem enfeitados, e o “Papai Noel”, símbolo de alegre da garotada já chegou esbanjando felicidade. É um período muito comovente e cheio de ternura e amor. O natal é uma festa que contagia, alegra e conforta os corações dos homens. Trata-se de uma data muito linda e festiva, onde os corações estão mais suscetíveis aos acordos, ao amor fraternal, pois, é possível achar no interior dos cristãos a lembrança de um novo amanhecer, de uma nova esperança, de um novo despertar para a vida, porque não dizer uma transformação interior onde as pessoas pensam mais no outro do que em si próprio, ao ponto de doar bens, fazer boas obras e se quebrantar diante do espírito natalino que enaltece o nosso ser e nos faz meditar na pessoa de Cristo que, verdadeiramente, nasce dento dos corações necessitados de luz e paz, salvação e amor e porque não de esperança e alegria, diante deste mundo tão conturbado e violento. Diante desse clima contagiante de ternura aproveito para recomendar a todas as famílias que se unam façam desse natal uma festa de reconciliação, de perdão, de amor verdadeiro. Mês que vem o natal chegará de verdade, porém, já podemos desfrutar e exercer nossa manifestação de gratidão por termos pessoas boas e educadas, espirituais e ajudadoras ao nosso lado. Meu desejo é que os corações se encham de esperança e amor nesse natal e permanece ao longo do ano de 2015. Que cada um em particular aproveite a oportunidade para refletir sobre o nascimento de Cristo, nosso eterno Salvador. Não vou lhe desejar boas festa, ainda, mas pediria que você entrasse mais cedo nesse clima de NATAL.