Quando tudo desaba de uma só vez II

“Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do Senhor para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do Senhor.  Mas o Senhor mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se.” (Jonas 1.3-4)

Há alguns cristãos que pagam para ver Deus pesar a mão, só pode ser isso, porque desafiam o poder do Senhor, porquanto, não conseguem obedecer a voz de Cristo e nem a orientação do Espírito Santo, preferindo fazer tudo conforme a vontade de seus proóprios corações, mesmo vendo os sinais, ou seja, tudo tem dado errado em suas vidas e as tempestades espirituais continuam firmes e com frequência. A tempestade na vida de Jonas acabou prejudicando a tripulação do navio: “Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso; Jonas, porém, desceu ao porão do navio, e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono. E o mestre do navio chegou- se a ele, e disse-lhe: Que tens, dorminhoco? Levanta-te, clama ao teu Deus; talvez assim ele se lembre de nós para que não pereçamos.” (Jonas 1.5,6). Os marinheiros não conheciam o verdadeiro Deus de Jonas e temeram. Paulo um dia temeu e tremeu e Jesus lhe disse: “E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que faça? E disse-lhe o Senhor: levanta-te e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer” (Atos 9.6). Deus está aguardando você tomar uma decisão. Tomar uma atitude a fim de Ele fazer cessar essa tempestade em sua vida e de sua família. O Senhor não é vingatido ao ponto de mandar dificuldades para atrapalhar nossa caminhada aqui na terra, porém, em algumas vezes faz-se necessário um “vento forte”, para despertar aqueles a quem Ele ama e tem propósitos para com ele. Somente Jesus pode fazer esse vendaval em sua vida e trazer de volta a calmaria, para isso é preciso você, somente você tomar uma decisão sábia. Somente você é capaz de saber o que o Senhor quer contigo, visto que Ele já tem lhe falado de diversas maneiras. O que você está esperando? As tempestades surgem em nossas vidas porque deixamos a nossa fé na mesa de cabeceira ou na estante, não a exercitamos diariamente. Em Marcos 4.39 diz:  “E Ele repreendeu o vento, e disse ao mar: cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança”. Os discípulos não compreendiam ainda que a fé e a dúvida não se harmonizam. Paulo instruiu a Timóteo assim: “Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação” (2 Tm 1.7). O medo nos prejudica e, também, àqueles que estiverem perto de nós, pois é mais contagioso do que uma epidemia. O medo mórbido neutraliza a fé. Deixe Deus acalmar a tempestade que há em sua vida. Os discípulos aprenderam naquele dia que a presença do Mestre não os isentava das intempéries da vida e nem da fúria do mar e do vento. Mas eles aprenderam também que precisavam agir em nome de Cristo e terem repreendido pela fé o bravio mar e o veloz vento. Aprenderam ainda, que mesmo sabendo que Cristo estava no barco de suas vidas, era preciso orar, buscar ao Senhor, interceder pela própria vida, em fim, exercitar a fé. Não permita a situação ficar pior do que já está. Tome uma decisão hoje mesmo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook