“E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete Espíritos de Deus.” (Apocalipse 4.5).

Falei ontem em mais duas lâmpadas: a da presença de Deus e a lâmpada cheia de azeite. Vejamos as demais: Quando o homem de Deus tem a chama do Espírito Santo ai dizemos que ele está cheio de azeite, ou seja, sua lâmpada está com bastante azeite. E isso fala do  combustível que queima para haver luz. O homem só pega fogo mesmo se for de oração, se meditar e ler a Bíblia com frequência, se for realmente dedicado à obra do Senhor. Quando Deus quer realizar um grande trabalho na vida do seu servo ele dirá: “Então, disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.” (1 Sm 16.1). Outra lâmpada fundamental e, essa é a quinta, que faz o Espírito Santo trabalhar muito em nós chama-se a lâmpada do Testemunho pessoal. Como anda você diante de Deus, do mundo e da igreja? A Bíblia diz: “Prova e vê que é boa a sua mercadoria e a sua lâmpada não se apaga de noite.” (Pv 31.18). Sua mercadoria é boa? Seu testemunho é bom? Se for pode crer que a sua lâmpada brilhará, indicando que o Espírito Santo está te usando. Deus quer levantar homens e mulheres cheios do Espírito Santo, que tenham vida espiritual, testemunho exemplar para poder influenciar o mundo perdido. O mundo hoje que vê exemplos dignos de serem seguidos. “Até aqui nos ajudou o Senhor”, portanto, chegamos à lâmpada seis, a da Salvação, fundamental para quem almeja o céu e o bem desta terra: “Se quiserdes e ouvirdes comereis o bem desta terra”, diz o profeta Isaías. A sexta lâmpada acesa na vida do crente é a da Salvação. Ela parece que têm mais Watts do que as demais, a impressão que se tem é que o seu brilho excede as outras seis, porém ela tem o mesmo brilho das outras. Enquanto estamos na terra nossas lâmpadas deverão está acessas, porém para onde a igreja irá no porvir, não necessitará: “E a cidade não necessita de sol nem de luz, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado e o Cordeiro é a sua lâmpada.” (Ap 21.23). Jesus é a lâmpada da Salvação. Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, diz João em 1.29 de seu evangelho. De igual modo Simeão observa: Jesus é “Luz para alumiar as nações e para glória do povo de Israel.” (Lucas 2.32). Lute para que a alegria da Salvação não desapareça de sua vida, tal como ia desaparecendo da vida do Rei Davi (leia o salmo 51). Por fim a sétima lâmpada diz respeito à vida eterna. Alguns perderam a vida eterna porque não levam azeite em suas lamparinas, ou seja, em suas vidas. A carreira cristã para ser eficaz é preciso o azeito superabundar, transbordar o vaso e o pavio ser grande e não curto. Quem tem o pavio curto só arranja encrenca por onde passa. A porta em breve irá se fecha e quem conseguir manter o seu vaso cheio de azeite, alcançará a vida eterna: “E tendo elas ido compará-lo, chegou o esposo e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.”. Jamais permita que as sete lâmpadas: chamada divina, evangelização, presença de Deus, cheia de azeite, testemunho, salvação e vida eterna, se apaguem de sua vida.

“E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete Espíritos de Deus.” (Apocalipse 4.5).

Falei ontem em mais duas lâmpadas: a da presença de Deus e a lâmpada cheia de azeite. Vejamos as demais: Quando o homem de Deus tem a chama do Espírito Santo ai dizemos que ele está cheio de azeite, ou seja, sua lâmpada está com bastante azeite. E isso fala do  combustível que queima para haver luz. O homem só pega fogo mesmo se for de oração, se meditar e ler a Bíblia com frequência, se for realmente dedicado à obra do Senhor. Quando Deus quer realizar um grande trabalho na vida do seu servo ele dirá: “Então, disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.” (1 Sm 16.1). Outra lâmpada fundamental e, essa é a quinta, que faz o Espírito Santo trabalhar muito em nós chama-se a lâmpada do Testemunho pessoal. Como anda você diante de Deus, do mundo e da igreja? A Bíblia diz: “Prova e vê que é boa a sua mercadoria e a sua lâmpada não se apaga de noite.” (Pv 31.18). Sua mercadoria é boa? Seu testemunho é bom? Se for pode crer que a sua lâmpada brilhará, indicando que o Espírito Santo está te usando. Deus quer levantar homens e mulheres cheios do Espírito Santo, que tenham vida espiritual, testemunho exemplar para poder influenciar o mundo perdido. O mundo hoje que vê exemplos dignos de serem seguidos. “Até aqui nos ajudou o Senhor”, portanto, chegamos à lâmpada seis, a da Salvação, fundamental para quem almeja o céu e o bem desta terra: “Se quiserdes e ouvirdes comereis o bem desta terra”, diz o profeta Isaías. A sexta lâmpada acesa na vida do crente é a da Salvação. Ela parece que têm mais Watts do que as demais, a impressão que se tem é que o seu brilho excede as outras seis, porém ela tem o mesmo brilho das outras. Enquanto estamos na terra nossas lâmpadas deverão está acessas, porém para onde a igreja irá no porvir, não necessitará: “E a cidade não necessita de sol nem de luz, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado e o Cordeiro é a sua lâmpada.” (Ap 21.23). Jesus é a lâmpada da Salvação. Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, diz João em 1.29 de seu evangelho. De igual modo Simeão observa: Jesus é “Luz para alumiar as nações e para glória do povo de Israel.” (Lucas 2.32). Lute para que a alegria da Salvação não desapareça de sua vida, tal como ia desaparecendo da vida do Rei Davi (leia o salmo 51). Por fim a sétima lâmpada diz respeito à vida eterna. Alguns perderam a vida eterna porque não levam azeite em suas lamparinas, ou seja, em suas vidas. A carreira cristã para ser eficaz é preciso o azeito superabundar, transbordar o vaso e o pavio ser grande e não curto. Quem tem o pavio curto só arranja encrenca por onde passa. A porta em breve irá se fecha e quem conseguir manter o seu vaso cheio de azeite, alcançará a vida eterna: “E tendo elas ido compará-lo, chegou o esposo e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.”. Jamais permita que as sete lâmpadas: chamada divina, evangelização, presença de Deus, cheia de azeite, testemunho, salvação e vida eterna, se apaguem de sua vida.