“Assim disse o Senhor a Salomão: Pois que houve isto em ti, que não guardaste a minha aliança e os meus estatutos que te mandei, certamente rasgarei de ti este reino, e o darei a teu servo.” (1 Reis 11.11).

Salomão, filho de Davi que havia reinado no lugar de seu pai, deixou de tomar uma atitude decente diante de Deus. O Senhor havia lhe dito para que ele não esquecesse jamais de guardar a aliança com Deus e também não deixasse de guardar os estatutos que o Senhor havia lhe mandado guardar. Por ele ter negligenciado nessas duas coisas fundamentais o Senhor rasgou o seu reinado. O homem de Deus não deve tomar atitudes que não estejam em conformidade com a vontade do Senhor. Atitude é iniciativa. Muitos pecam e se afastam do caminho da verdade, pondo a vida cristã em declínio porque não conseguem tomar iniciativa. Não espere os outros tomarem iniciativa por você, dê o primeiro passo e mostre com isso coragem. Uma decisão errada pode levar a pessoa a se afastar de Deus, da família, e da comunhão na igreja. O filho pródigo, por ter tomado uma atitude errada, foi parar em um chiqueiro e ali disputada as bolotas com os porcos. Depois de muito sofrer, tomou uma atitude do agrado de Deus: “Levantar-me-ei e irei ter com ele e lhe direi: pai, pequei contra o céu e contra ti, já não sou mais digno de ser chamado teu filhos” (Lucas 15). Tomar decisão decente é uma bênção. O filho pródigo tomou uma atitude louvável e por isso tudo que ele havia perdido foi lhe restituído. Glória a Deus! A sua postura, a sua atitude foi de alguém que se arrependeu do erro que havia cometido. A posição tomada nas horas da angústia e da grande necessidade, fez com que ele levanta-se e verdadeiramente fosse até o seu pai e lhe pedisse perdão. “Atitude é transformação”, disse um grande pregador outro dia. É uma verdade, a igreja de Cristo precisa viver tomando atitudes sábias, capazes de tornar seus atos e impulsos prontos para transformarem esse mundo perdido. Se o cristão mantiver uma atitude digna diante de Deus e dos homens, com certeza ele irá influenciar as pessoas a se decidirem por Jesus. Muitos se afastam de Jesus Cristo devido a péssima atitude e coragem de alguns. Deixe o Espírito de Deus te transformar. Tome a atitude de abrir a porta, pois Ele mesmo diz: “Eis que estou à porta e bato, se abrires eu entrarei e cearei contigo”. Tome uma atitude diante de Deus, a fim de que sua vida seja transformada!

“Assim disse o Senhor a Salomão: Pois que houve isto em ti, que não guardaste a minha aliança e os meus estatutos que te mandei, certamente rasgarei de ti este reino, e o darei a teu servo.” (1 Reis 11.11).

Salomão, filho de Davi que havia reinado no lugar de seu pai, deixou de tomar uma atitude decente diante de Deus. O Senhor havia lhe dito para que ele não esquecesse jamais de guardar a aliança com Deus e também não deixasse de guardar os estatutos que o Senhor havia lhe mandado guardar. Por ele ter negligenciado nessas duas coisas fundamentais o Senhor rasgou o seu reinado. O homem de Deus não deve tomar atitudes que não estejam em conformidade com a vontade do Senhor. Atitude é iniciativa. Muitos pecam e se afastam do caminho da verdade, pondo a vida cristã em declínio porque não conseguem tomar iniciativa. Não espere os outros tomarem iniciativa por você, dê o primeiro passo e mostre com isso coragem. Uma decisão errada pode levar a pessoa a se afastar de Deus, da família, e da comunhão na igreja. O filho pródigo, por ter tomado uma atitude errada, foi parar em um chiqueiro e ali disputada as bolotas com os porcos. Depois de muito sofrer, tomou uma atitude do agrado de Deus: “Levantar-me-ei e irei ter com ele e lhe direi: pai, pequei contra o céu e contra ti, já não sou mais digno de ser chamado teu filhos” (Lucas 15). Tomar decisão decente é uma bênção. O filho pródigo tomou uma atitude louvável e por isso tudo que ele havia perdido foi lhe restituído. Glória a Deus! A sua postura, a sua atitude foi de alguém que se arrependeu do erro que havia cometido. A posição tomada nas horas da angústia e da grande necessidade, fez com que ele levanta-se e verdadeiramente fosse até o seu pai e lhe pedisse perdão. “Atitude é transformação”, disse um grande pregador outro dia. É uma verdade, a igreja de Cristo precisa viver tomando atitudes sábias, capazes de tornar seus atos e impulsos prontos para transformarem esse mundo perdido. Se o cristão mantiver uma atitude digna diante de Deus e dos homens, com certeza ele irá influenciar as pessoas a se decidirem por Jesus. Muitos se afastam de Jesus Cristo devido a péssima atitude e coragem de alguns. Deixe o Espírito de Deus te transformar. Tome a atitude de abrir a porta, pois Ele mesmo diz: “Eis que estou à porta e bato, se abrires eu entrarei e cearei contigo”. Tome uma atitude diante de Deus, a fim de que sua vida seja transformada!