“E disse: Assim diz o Senhor: Fazei neste vale muitas covas.
Porque assim diz o Senhor: Não vereis vento, e não vereis chuva; todavia este vale se encherá de tanta água, que bebereis vós, o vosso gado e os vossos animais.” (2 Reis 3.16,17).

A passagem em lide relata o registro de Moisés escondendo o corpo do egípcio que ele havia matado e escondido na terra. Para ele, ninguém havia presenciado, porém, alguém presenciou e espalhou rapidamente o crime, além do mais, o Deus de Abraão, Isaque e de Jacó viu o que Moisés fez. Ninguém escapa aos olhos do Senhor: “Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido.” (Lucas 12.2). Às vezes pensamos que podemos esconder alguma coisa de Deus, mas a realidade é que não se pode encobrir nada, nada mesmo do Criador. Ele sempre está de olho em seus filhos e também nas Suas criaturas. Diante de Deus todas as coisas estão nuas, por isso, é preciso que as pessoas, crentes ou não crentes deverão ser transparentes diante do Senhor. Diante dos homens pode ser que se esconda alguma coisa, porém, por um período de tempo, pois não há nada neste mundo escondido que não seja achado e oculto que não seja revelado. É a Palavra de Deus quem diz. Tudo está nu diante do Senhor: “E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” (Hebreus 4.13). Todas as coisas escondidas virão à luz. Não adianta esconder nada de Deus, principalmente o pecado, o erro a concupiscência, ou alguma falcatrua, tudo, tudo mesmo será revelado a seu tempo. Aliás, Deus está de olho em você! Ele já viu tudo, e ao homem só resta mesmo confessar, se arrepender e tocar à vida de modo a agradar aquele que lhe alistou para a batalha. Não a guerra contra o homem, mas a espiritual, contra os príncipes e as potestades da maldade que existem nas regiões celestiais. Deus vasculha o coração do homem. Ele descobre o mais escondido dos pecados e exige que o ser criado confesse e deixe a iniquidade, a fim de ser perdoado: “Porventura não esquadrinhará Deus isso? Pois ele sabe os segredos do coração.” (Salmos 44.21). É triste quando lemos na Palavra que o Evangelho está encoberto para muitas pessoas. Eu e você, que temos as palavras de vida eterna, precisamos nos esforçar para descortinar as verdades de Deus à humanidade: “Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.” (2 Coríntios 4.3). Uma verdade: Deus já viu, não adianta esconder nada dEle!