Oração com confiança, feita pelo rei Asa ao Senhor

“E Asa clamou ao Senhor seu Deus, e disse: Senhor, nada para ti é ajudar, quer o poderoso quer o de nenhuma força; ajuda-nos, pois, Senhor nosso Deus, porque em ti confiamos, e no teu nome viemos contra esta multidão. Senhor, tu és nosso Deus, não prevaleça contra ti o homem.” (2 Crônicas 14.11).

O rei Asa era filho do rei Abias. Depois que seu pai morreu e foi sepultado na cidade de Davi, Asa reinou em seu lugar e a terra esteve em paz por cerca de dez anos. Asa foi considerado um bom e reto monarca diante dos olhos do Senhor Deus de Israel. O rei Asa procurou abolir a idolatria e em parte ele conseguiu, porque mandou destruir os altares dos deuses estranhos, os altos construídos e mandou quebrar as imagens para a idolatria, bem como determinou que se cortasse os bosques onde o povo idolatrava aos deuses estranhos. A oração de Asa acha-se no versículo em lide. Ele clamou ao Senhor e orou com convicção, pois o Senhor era o seu verdadeiro Deus, a quem Davi servia com amor e reverência. A sua súplica comoveu o coração do Deus de Israel de tal maneira que o Senhor saiu em defesa de seu servo o rei Asa. Ele disse: “… ajuda-nos, pois, Senhor nosso Deus, porque em ti confiamos, e no teu nome viemos contra esta multidão.”. Asa contava apenas com um exército de trezentos mil de Judá, que traziam pavês e lança; e duzentos e oitenta mil de Benjamim, que traziam escudo e atiravam com arco. Todos eram homens valentes, porém, a multidão que estava com o general etíope Zerá, era um exército muito maior, cerca de um milhão e com trezentos carros. Para o Senhor isso não foi nada. A oração de Asa comoveu o coração de Deus e a vitória foi garantida. A batalha se deu no vale de Zefatá, junto a Maressa. Asa prevaleceu contra Zerá e ganhou a batalha. Asa orou ao Senhor com confiança. Ele creu que Deus iria lhe conceder a vitória, mesmo tendo um exército inferior. Asa motivou o seu exército através do seu clamor ao Senhor. Os soldados encheram-se de fé, de confiança no seu Deus e lutaram com garra, com disposição e força de vontade. Venceram e bem. A Bíblia diz assim: “E o Senhor feriu os etíopes diante de Asa e diante de Judá, e os etíopes fugiram.”. Com Asa agente aprende que se deve orar ao Senhor com confiança, crendo que ele irá nos responder e lutar por nossas causas. Asa teve a sua oração respondida prontamente, porque ele se colocou na presença de Deus e aboliu a idolatria.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook