“Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena” (Pv 24.10).

A palavra pastoral de hoje é uma comparação da vida espiritual do cristão com um dos problemas dentários mais frequentes no nosso país, a cárie.Ela é responsável por uma gama de males que afetam a dentição de milhares de brasileiros, principalmente, nas camadas mais pobres que, por desinformação, os cuidados preventivos não são observados à luz do que é preconizado pela odontologia.Um dos fatores causadores da cárie é a ingestão de alimentos com alto teor de açúcar e também pelo descuido na escovação correta diária.Dizem os especialistas da área que todos quantos cuidam da escovação dos dentes fazendo uma revisão odontológica regular fazem um trabalho de prevenção muito eficaz contra a cárie. Esta prática também melhora a saúde bucal o que dá mais conforto, melhora a aparência e aumenta a autoestima.A odontologia desempenha um papel vital na prevenção contra a cárie e os demais problemas bucais. Também promove equilíbrio e harmonia buscando o mais belo e mais saudável sorriso que melhorará a aparência e a qualidade de vida da pessoa.Na vida espiritual, às vezes, surgem cáries. Neste contexto, existe o pecado. Este vocábulo está se ausentando das homilias dos renomados pregadores. Quando eles se referem ao pecado, quase sempre o chamam de desvio de conduta, erro de propósito ou mesmo desequilíbrio moral, com grandes possibilidades de ser reparado sem que, para isso, precise se arrepender ou mesmo implorar a Deus o perdão. Basta tão somente mudar de conduta ou abandonar a prática do ato tido e havido como errado ou até mesmo incoerente com os padrões bíblicos.Arrependimento nada mais é do que o sentimento de pesar por faltas cometidas ou por um ato praticado. Com o arrependimento, o homem sente a sensação de ter nascido de novo e que a vida que agora leva é diferente da que levava outrora.A Bíblia diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é. As coisas velhas se passaram; eis que tudo se fez novo” (2Co 5.17). “Estar em Cristo” é o estado de reconciliação com Deus. Trata-se do envolvimento do homem com o amor de Deus.Assim como a cárie destrói a raiz do dente, o pecado, de igual modo, promove a morte espiritual de todos aqueles que se deixam influenciar por ele. O apóstolo Paulo diz que “… o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor”.Cuidado com a cárie espiritual, o pecado, que tão de perto nos rodeia e que pode nos levar à morte.