Profecias que agradam

“E o mensageiro que foi chamar a Micaías falou-lhe, dizendo: vês aqui que as palavras dos profetas, a uma voz, predizem coisas boas para o rei, seja pois, a tua palavra como a palavra de um deles, e fala bem. Porém, Micaías disse: vive o Senhor, que o que o Senhor me disser isso falarei” (1 Reis 22.13,14).

O profeta aqui é aquele vaso do Senhor que tem o recado dEle para o povo. O mensageiro que não tem mensagem divina, forja em seu próprio coração e mente aquilo que o outro quer ouvir em ao o que Deus tem a transmitir.Acabe era o rei de Israel e Jeosafá, o de Judá. Ambos os monarcas decidiram guerrear contra o rei da Siria Ben-Hadade e após consultarem os profetas a serviço de Acabe o rei de Judá disse: “… Não há aqui ainda algum profeta do Senhor, ao qual possamos consultar? (1 Rs 22.7). Se Josafá, assim falou, é porque não estava sentindo firmeza nas mensagens que eram vaticinadas pelo profetas de Acabe.O rei de Israel, não teve outra saída, e logo respondeu a Josafá: “… Ainda há um homem por quem podemos consultar ao Senhor; porém eu o odeio, porque nunca profetiza de mim bem, mas só mal; este é Micaías, filho de Inlá. E disse Josafá: Não fale o rei assim.” (1 Reis 22.8).Micaías falou uma palavra de sabedoria: “…vive o Senhor, porquanto, só falarei o que o Senhor me mandar falar”. O que me chamou a atenção é que Micaías antes de entregar o recado de Deus ele brincou com o rei e lhe proferiu uma mensagem como os profetas de Acabe, ou seja, cheia de mentiras e o rei soube discernir muito bem: “E, vindo ele ao rei, o rei lhe disse: Micaías, iremos a ramote-Gileade à peleja ou deixaremos de ir? E ele lhe disse: Sobe e serás próspero, porque o Senhor a entregará na mão do rei” (1 Rs 22.15).Não sei qual foi a expressão facial de Micaías, a verdade é que o rei não aceitou a profecia e disse-lhe: “… até quantas vezes te conjurarei, que me não fales senão a verdade em nome do Senhor?. O rei sabia que ele estava usando palavras lisongeiras. O profeta queria passar ao rei a mensagem de que ele poderia perfeitamente ser tal como um dos seus profetas: mentirosos, que poderia profetizar ao rei mensagem que lhe agradasse e massageasse o ego de seu coração.Micaías voltou atrás e disse a Acabe: “…vi todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor, e disse o Senhor: Estes não tem senhor, torne cada um em paz para sua casa” (1 Rs 22.17). A indignação do rei de Israel foi imediata: “Então, o rei de Israel disse a Josafá: Não te disse eu que ele nunca profetizará de mim bem, senão só mal? (1 Rs 22.18).Micaías não somente profetizou a derrota de Israel e Judá na guerra como também disse que o rei de Israel morreria e tudo foi cumprido conforme as palavras do profeta. O rei ficou tão preocupado e sabia que iria morrer que tentou se disfarçar: “E disse o rei de Israel a Josafá: eu me disfarçarei e entrarei na peleja, tu, porém, veste as tuas vestes. Disfarçou-se, pois, o rei de Israel e entrou na peleja” (1 Rs 22.30). Não adiantou, ele morreu na guerra.Profecias que agradam, nem sempre são os recados de Deus para o homem!

Profecias que agradam, nem sempre são os recados de Deus para o homem!

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook