O desejo dos mansos

“Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos, confortarás o seu coração; os teus ouvidos estarão abertos para eles” (Salmos 10.17).

No Sermão da Montanha, Jesus disse: “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra” (Mt 5.5). A mansidão é uma virtude de poucos.A Bíblia fala de Moisés como sendo um homem manso. Ser manso é ser paciente, longânimo, capaz de não se irar com facilidade, mas suportar as adversidades com singeleza de coração, procurando de maneira sensata administrar as possíveis tempestades que se levantam sobre a sua vida e de sua família.A mansidão é uma atitude do humilde para com o seu Deus e também para as pessoas que ele tem acesso. Jesus era manso e humilde de coração: “Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, porque Sou manso e humilde de coração” (Mt 11.29).A mansidão é fruto do Espírito e por isso o cristão deve evidenciá-lo em seu caráter. Paulo afirma: “Mas o fruto do Espírito é: Caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança” (Gl 5.22).Que desejos teriam os mansos? Que comportamentos teriam quando as lutas e as adversidades lhes sobrevierem? O Senhor Jesus em seu Sermão diz: “Bem-aventurado os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus. Bem-aventurados, sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa” (Mt 5.11,12).Os mansos, por si só encontram força nas horas de angústia. Eles nem sempre se preocupam com o “eu”; eles não são egoístas, mas dividem o pouco que tem com os mais necessitados. Jesus tem a receita para esses momentos difíceis que os mansos enfrentam: “Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós” (Mt 5.12).Paulo escrevendo aos efésios ele diz: “…andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (Ef 4.1,2).Creio que o maior desejo dos mansos é fazer o bem ao seu próximo e o de morar nas mansões celestiais com Cristo um dia. Quando lemos o livro de Sofonias, aprendemos que devemos buscar a mansidão: “Buscai a justiça, buscai a mansidão; porventura, lograreis esconder-vos no dia da ira do Senhor” (Sf 2.3.). Saiba uma coisa meu amigo e irmão em Cristo: Mansidão é o oposto do orgulho. Aleluia!

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook