“Se o ferro está embotado, e não se lhe afia o corte, é preciso redobrar a força; mas a sabedoria resolve com bom êxito” (Eclesiastes 10.10).

Chegou o momento de redobrarmos as nossas forças. Inúmeras são as fontes encontradas na Bíblia para que o homem se fortaleça espiritualmente. A palavra de Deus é uma das maiores fontes para quem quer crescer na fé e ter seu coração invadido pelo poder de Deus. Ela é infalível desde o princípio da criação, visto que o Senhor ordenou e foram criados o firmamento, a fauna, a flora etc. Ela, também, é infalível na preservação das coisas criadas, pois, até hoje, permanece perfeito o que Deus criou, exceto o homem, que, após o pecado, degenerou-se. Conhecedor de tudo e não satisfeito com a desobediência do homem que mergulhou no mar da perdição, aprouve ao Senhor enviar seu Filho Unigênito, Jesus Cristo, para resgatar a humanidade e oferecer-lhe o caminho da salvação, mediante a aceitação do plano da salvação. Sua palavra é infalível, também, na consumação dos tempos, pois, por intermédio dela, o Eterno julgará os céus e a terra. No ministério profético, a palavra de Deus permanece infalível, pois nenhuma palavra proferida por Deus falhou, ou seja, tudo se cumpriu – “Bendito seja o Senhor, que deu repouso ao seu povo, Israel, segundo tudo o que prometera; nem uma só palavra falhou de todas as suas boas promessas, feitas por intermédio de Moisés, seu servo”(1 Rs 8.56). Ela se cumpre não só a respeito de Israel (Jr 25.9-12), mas, de igual modo, a respeito do Messias (Lc 4.20, Zc 9.9, Mt 2.1, Is 7.14) e concernente à Igreja (Is 65.1, At 15.14, Rm 9.25). No tempo em que a Igreja vive, o da graça, a palavra de Deus tem sido sobremaneira infalível. Ela não muda, é atual e poderosa para levar o homem à presença dEle e tem poder para manter o homem em plena comunhão com o seu criador. A palavra foi infalível no ministério do Mestre Jesus (Lc 24.19, Lc 7.14,15), no ministério apostólico (Mc 16.20) e no ministério da Igreja (At 6.7). Ela é vigorosa e edificante até hoje. Outras duas poderosas fontes capazes de fortalecer o homem são, sem dúvida, a oração e o jejum. A primeira abre uma porta de acesso direto ao trono de Deus e a segunda quebranta a carne, deixando o espírito com liberdade para agir em prol do enriquecimento espiritual do homem em todos os sentidos. É glorioso quando o propósito primordial da Igreja de Cristo gira em torno da evangelização. É preciso que os perdidos entrem no templo, cultuem o Senhor e se convertam a Ele. Para tal, faz-se necessário que cada um seja um evangelista, procure divulgar os feitos de Cristo e, com sua própria vida, testemunhe que é um seguidor dEle, um autêntico cristão, capaz de tudo fazer pelo amor ao evangelho. Não se consegue êxito na evangelização dos perdidos sem antes adquirir poder e ter as forças redobradas.  Redobre sua força, querido leitor e irmão em Cristo! Aprenda a manusear o Livro dos livros, a Bíblia. Não perca o culto de ensinamento nem a Escola Bíblica Dominical, reuniões que são fontes capazes de abrir seu coração para conhecer melhor as verdades bíblicas. Se você não é assíduo a essas duas reuniões, tome já a decisão de passar a ser. Não postergue o momento de dar início a sua edificação e crescimento espiritual. Esta é a hora para se redobrar as forças. Conto com a sua disposição e interesse em querer REDOBRAR A FORÇA.