“E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.” (Gênesis 3.8).

Sempre ouvi falar que “costume de casa vai à praça”, ou seja, aquilo que aprendemos em casa, certamente, o praticaremos fora dela. Qual quer que seja o aprendizado, bom ou ruim, ele irá ser posto em prática na primeira oportunidade fora do convívio familiar. A humanidade a partir da descendência adâmica aprendeu um mau hábito com os primeiros pais, Adão e Eva: fugir toda vez que contraria ou deixa de fazer a vontade de Deus. Eles fugiram do local onde o Senhor sempre os visitava porque desobedeceram às ordens do Criador, então, fugiram e se esconderam por entre as árvores do Jardim do Éden, porém, Deus os achou. Não adianta fugir e se esconder de Deus, a melhor coisa que o homem deve fazer é enfrentá-lo, ou seja, chegar a Sua excelsa presença e se humilhar como fez Davi (Salmos 51); lhe pedir perdão e aguardar as Suas misericórdias, as quais são a causa do homem não ser consumido. Adão e Eva, um casal feliz, não tinha nada o que reclamar da vida. Não enfrentavam problemas no dia a dia e nem reclamavam da falta de luz. Eram alegres mesmos; sadios fisicamente e espiritualmente. Apesar de terem um grande aliado, Deus, eles eram tentados pelo Diabo dia após dia, o qual se aproximava deles entrando no corpo de uma serpente e com Eva falava e mentia procurando induzi-la a comer da árvore do centro do jardim, a árvore do bem e do mal, a fim de contrariar ao Senhor Deus todo poderoso. Eva cedeu um dia e a partir dai os problemas começaram na vida do primeiro casal. Deus tinha dito o seguinte: “E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: de toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gn 2.17). O desejo de Satanás pelo homem é antiga. Ele faz de tudo para tirá-lo da presença e da comunhão com o Senhor e foi assim que ele fez com Adão e Eva. Deus os expulsou do jardim: “O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra, de que fora tomado.” (Gn 3.23), porque eles o desobedeceram. Meu amigo e meu irmão em Cristo, você deve parar de fugir da presença de Deus. Ele te ama e deseja te abençoar, porém, você deve se aproximar dEle, não fuja das vistas do Espírito Santo, Ele é o eterno Consolador, porquanto, está sempre pronto para te conceder vitória, não só na vida material, mas muito mais na vida espiritual. Aproxime-se de Deus hoje, não se esconda dEle!