Que vexame!

Assim, subiram lá do povo alguns três mil homens, os quais fugiram diante dos homens de Ai” (Josué 7.4).

Que foi isso Josué? Que derrota foi esta? Que vexame passou o teu exército e o povo de Deus sob tua direção, diante duma cidade tão pequena como Ai? Como pode um exército tão pequeno consegue vencer os soldados israelitas, que são o povo de Deus?A batalha parecia ganha, é tanto que disseram: “E voltaram a Josué e disseram-lhe: Não suba todo o povo. Subam alguns dois mil ou três mil homens a ferir a Ai; não fatigueis ali a todo o povo, porque são poucos os inimigos” (Js 7.3).Na verdade o exército israelita subestimou o exército de Ai. Os soldados de Israel não foram à luta com sua força total, mas levaram poucos guerreiros, porquanto a vitória era dada como certa, e no entanto, tudo deu errado e o que houve foi um tremendo vexame.Nesses dias a palavra “VEXAME” tomou conta dos principais jornais televisivos, como também da mídia nacional e internacional, visto que a seleção brasileira foi eliminada de uma competição chamada de Copa Centenária, da qual participava. Todos foram unânimes ao publicarem e divulgarem na mídia: Que vexame!De igual forma aconteceu com o exército liderado por Josué, o grande general hebreu. Eles foram derrotados numa batalha que parecia ganha, porém, eles não ficaram satisfeitos com o que viram e tentaram descobrir os motivos que levaram à derrota e descobriram que todos corriam risco de vida, pois, contrariaram as ordens de Deus.Um dos soldados por nome Acã tomou, durante a conquista de Jericó, desobedeceu as ordens de seu líder e apanhou alguns pertences dos despojos da cidade, quando não deveria lançar mão. Josué entrou em oração e Deus disse ao seu servo: “Então, disse o Senhor a Josué: levanta-te! Por que estas prostrado assim sobre o teu rosto? Israel pecou, e até transgrediram o meu concerto que lhes tinha ordenado, e até tomaram do anátema, e também furtaram, e também mentiram, e até debaixo da sua bagagem o puseram. Pelo que os filhos de Israel não puderam subsistir perante os seus inimigos; viraram as costas diante dos seus inimigos, porquanto estão amaldiçoados; não serei mais convosco, se não desarraigardes o anátema do meio de vós” (Js 7.10-12).Quantos vexames passamos na vida? Grande parte deles têm a ver com a nossa própria posição diante de Deus. Será que nossas derrotas em qualquer contexto de nossas vidas têm uma causa maior? Será que estamos fazendo a vontade de Deus e procurando cumprir o que está preconizado em Sua Palavra?Chega de provocar vexame! Deus quer o melhor para todos nós. O exército de Israel só voltou a ser um vencedor quando baniu de seu meio o anátema e depois de consagrarem suas vidas ao Senhor, mas antes se arrependeram de seus pecados. Onde há pecado a derrota campeia e a fraqueza espiritual é quem domina. Chega de vexames!

 

 

 

 

 

 

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook