Momentos de tribulação versus momentos de bonança

“Em todo o tempo sejam alvas as tias roupas, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça” (Eclesiastes 9.8).

Tai uma coisa que nunca, jamais, deverá faltar sobre a tua vida: o óleo ou azeite sobre a tua cabeça e também as vestes limpas. Não adianta derramar o azeite ou o óleo da unção sobre um corpo que não tenha purificado as vestes de santidade e justiça, ou seja, que não esteja purificado. Por que os momentos de tribulação acontecem e dificultam o viver cristão? Por que esses períodos de angústia e dor, de lutas e tentações parecem ser marcantes na vida de alguns, de modo que levam alguns crentes a abandonarem até mesmo a fé cristã? Por que a busca desesperada por paz, calma, bonança e riquezas, como se estas coisas sejam a única solução para um viver harmônico e feliz na presença de Deus? A verdadeira felicidade não é traduzida pela fartura e nem pelos bens materiais. Nem sempre a calma, a aparente paz e um viver harmônico são capazes de traduzir o que a pessoa sente na profundeza de sua alma. Vez por outra se ouve e se assiste pelos programas televisivos que alguém era tão bom, calmo, bom camarada, mas praticou alguma atrocidade e destruiu a própria vida e de sua família. Só quem conhece o coração do homem é Deus. Há alguns cristãos vivendo simplesmente de aparência e para salvar o casamento, o ministério e dar uma resposta à igreja onde pastoreiam ou congregam, e a família procuram viver quietos e externar uma falsa felicidade, porquanto, arrastam fardos de amarguras, ressentimentos e sofrimentos por longos anos. Trata-se de pessoas  que não são verdadeiras consigo mesmos e por isso vivem em constantes tribulações de espírito, sofrendo por dentro e levando outras pessoas mais próximas a sofrerem também. Jesus ama aqueles que se colocam como vasos de barros na olaria de Deus, pois, ao primeiro momento de fraqueza, se deixam quebrar e serem refeitos novamente. A simplicidade e a humildade são fatores primordiais para se alcançar a verdadeira felicidade. Manter uma vida de santidade (alvos os teus vestidos) e o templo do Espírito Santo na unção (não falte o óleo/azeite) é preciso viver mais junto de Cristo. Não pense que se aproximar de Cristo irá blindar você das lutas e tribulações da vida, mas irá te dar força para você ser mais real, sincero e verdadeiro com você mesmo, amenizando assim a sua dor e lhe proporcionando tempos de inteira bonança na sua vida espiritual.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook