“Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos” (Salmos 119.71).

O salmista sentiu-se satisfeito por ter passado por momentos aflitivos em sua vida. Ele soube tirar lições dos tristes momentos e na sua análise da situação, achou que os momentos de angústia serviram para que ele aprendesse sobre o que se acha preconizado nos estatutos divinos, ou seja, na lei mosaica. É bom quando o cristão passa pela prova dando glória a Deus, aliás na Bíblia se acha escrito: “… em tudo se deve dar graças”. Faz bem a saúde compreender Deus. É salutar para a vida espiritual se conformar com a situação tempestiva, sabendo que o Senhor está à frente e no controle de tudo, todavia, faz-se necessário está firme na fé, na esperança e no amor. Paulo ao escrever aos coríntios disse: “Não vem tentação sobre vós que não seja humana, mas fiel é Deus que não vos deixará tentar acima do que podeis”. É maravilhoso saber que toda e qualquer prova, toda e qualquer tentação não serão tão grandes que o cristão não consiga suportar. Deus, até nisso está no controle, glória a Deus! Não existe cristão que se alegre nesses momentos de intensa tribulação. Ninguém gosta de ser afligido, mas se acontecer delas baterem à porta de seu coração, então, ore ao Senhor, passe com louvor por esses momentos aflitivos, não se desespere, e procure tirar lições para a sua vida. Amém!