“Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações,
Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo.” (1 Pedro 1.6,7).

Durante a caminhada do cristão, muitas coisas acontecem que o deixam deveras feliz, mas também, há situações em que tudo se torna difícil e extremamente complicado, porquanto, parece que nada dá certo e a sensação de que Deus se ausentou dele é grande e real, se ele não tiver uma fé robusta acabará se afastando completamente do Senhor da glória. As dificuldades que surgem no caminho da salvação é coisa comum e natural, pois tem o objetivo único de fortalecer a fé cristã e dá ao crente experiência necessária para as batalhas espirituais que surgirão na sua vida. Pedro manda o crente se alegrar na hora em que estiver contristado. Já Tiago diz: “Meus irmãos, tende grande gozo e alegria quando cairdes em várias tentações, sabendo que a obra da vossa fé obra a paciência”. O apóstolo Paulo afirma: “Não sobrevém tentação senão humana, mas fiel é Deus que não vos deixará tentar acima do que podeis”. Tudo está perfeitamente no controle de Deus, por isso, você não poderá se apavorar e perder a esperança em Deus. Pedro diz: “Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós, para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis” (1 Pe 4.12,13). O caminho da salvação é realmente difícil, porém, quanto mais difícil, maior a vitória e a conquista que o o Espírito Santo te dará. O anjo diz: “Ao que vencer…”. Logo, você não pode jamais ser um derrotado, mas lutar para ser um autêntico vencedor em Cristo Jesus. O caminho da salvação tem alguns obstáculos e estes são fundamentais para que o cristão não venha a se acomodar e perder a coroa. Saiba que você é feitura de Suas mãos e Ele morreu na cruz para te salvar e para que você ande realizando boas obras (Ef 2.10). Se o caminho fosse fácil o inimigo só vivia nele dando cambalhota de felicidade, porém, ele é difícil e por ser assim, o cristão vive em novidade de vida, orando, jejuando, lendo a Bíblia, meditando na santa Palavra de Deus, e pregando e ensinando o evangelho a toda a criatura sem Deus. O caminho é de intensas lutas e o cristão não pode desanimar. “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” (Ef 6.12). A luta é contra todo o inferno, porém, somos mais do que vencedores em Cristo Jesus, nosso eterno Salvador. O caminho da salvação é um caminho de desafios. Se você desanimar ou se mostrar frouxo na hora da batalha, o Senhor não terá prazer em você, todavia, é preciso ser forte e pedir sempre a ajuda do Altíssimo. Deus conta com você!