Confusão na casa do Rei!

“E aconteceu que, estando eles ainda no caminho, veio a nova a Davi, de que se dizia: Absalão feriu todos os filhos do rei, e nenhum deles ficou” (2 Samuel 13.30).

Algumas notícias que chegam de primeira mão podem se tornar fatal. Algumas pessoas não estão preparadas para receberem uma notícia ruim sem antes haver uma amaciada no âmago. Existem crentes especialistas em passar alguma coisa a outro, principalmente, se for relacionada à doença, acidente ou morte. Parece-me que esses sentem prazer em informar antes de todo o mundo. Quando alguém viu Amnom tombar ferido e depois vir a óbito, correu logo ao palácio do rei Davi e informou que todos os seus filhos de Davi, que foram a tosa das ovelhas, ao banquete de Absalão, foram mortos por este. Não se tratava de uma mensagem verdadeira, e a mesma deixou a todos em pavorosa. As mães dos rapazes e moças, o próprio rei e pessoas ligadas à família muito se angustiaram com o boato.  A sorte é que Jonadabe, sobrinho de Davi mandou anunciar de imediato ao rei a mensagem correta, e amenizou a dor e o sofrimento que já se instalara nas dependências reais: “Mas Jonadabe, filho de Siméia, irmão de Davi, respondeu e disse: Não diga o meu senhor que mataram a todos os jovens filhos do rei, porque só morreu Amnom, porque assim o tinha resolvido fazer Absalão, desde o dia em que ele forçou a Tamar, sua irmã” (2 Sm 13.32). Quantas confusões não acontecem no meio evangélico? Quantas informações são divulgadas sem fundamento nenhum? Quantas pessoas pedem oração a outro, apenas para repassar, informar, ou noticiar o problema ou problemas de outros irmãos? Como é triste receber uma notícia ruim sem está preparado ou sem que antes se console o coração ansioso. Muitos cristãos gostam de passar uma mensagem imediatista e não são preparados para isso e acabam promovendo confusão. Lembro-me quando estava embarcado, em alto mar, e ao recebermos uma mensagem sobre a morte de algum familiar da tripulação ou acidente grave, o comandante do navio mandava chamar o capelão para transmitir a informação. Nem sempre o comandante ou qualquer outro oficial era a pessoa mais certa para repassar a informação, pois geralmente a mensagem iria comover, mexer, ou abalar grandemente a pessoa interessada. O cristão é pessoa da paz. É alguém amoroso, virtuoso, bondoso, acolhedor e não deve se precipitar em informar algo que ainda está no estágio embrionário, mas deve aguardar o esclarecimento e a veracidade dos fatos, a fim de não provocar confusão e até mesmo morte física ou espiritual. Amém!

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook