Chamado para a batalha!

“Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.” (Tiago 1.12).

 

O homem natural não consegue vencer a tentação, ele pode até resistir por um período mais longo, mas logo cairá na armadilha do vil tentador.A tentação nada mais é do que o chamado para o crente em Jesus Cristo, ir à batalha espiritual. Quando ele se lança na luta, sem a devida armadura preconizada em Efésios capítulo seis, com certeza padecerá, pois, o tentador pega pesado contra a Igreja do Cordeiro.O pecado só é contado, ou melhor consumado, quando a concupiscência é concebida. O pecado por sua vez, sendo consumado irá gerar a morte (Tiago 1.15).A serpente não ataca de uma vez e nem pega o crente de surpresa como alguns pensam. Antes de atacar, ela faz soar o seu guizo, para só depois fazer o crente sentir as suas presas. Satanás, a “antiga serpente”, tenta, tenta,… até conseguir seu objetivo. Quando o servo de Cristo relaxa na sua vigilância, então, ele investe com requinte de crueldade.A tentação não é para gerar medo e pavor no cristão, mas para despertá-lo para a batalha espiritual. Quando você estiver sendo tentado meu irmão e amigo, então busque na consagração, na oração, na leitura e meditação bíblica, um meio para se santificar.

 

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook