“E o anjo do Senhor a achou junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur” (Gênesis 16.7).

Agar, serva de Abraão e Sara, fugiu temendo ser maltratada pela esposa do patriarca. Exausta e apreensiva ela conseguiu chegar até uma fonte no deserto, não se sabe se havia água ou não, o certo é que um Anjo enviado por Deus a encontrou ali, junto à fonte no caminho de Sur (em hebraico muralha), trata-se de um deserto entre a Palestina e o Egito. Ela estava grávida e não sabia. Às vezes a fuga não é a melhor solução para a resolução das pendências da vida. A fuga é rolar o problema para debaixo do tapete e achar que ele não o importunará mais, conversa fiada, pois, as questões referentes as relações difíceis entre os homens se resolvem com comunicação e perdão. (continua).