É preciso cuidar da preservação da salvação (continuação)

“E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” (Atos 16.30,31).

 

A salvação é na verdade a maior mensagem nos Evangelhos. A salvação descortina os segredos para uma vida vitoriosa, cheia de paz e gozo espiritual. Ela acrescenta na vida do homem arrependido alguns ingredientes untados do poder de Deus.

O primeiro deles é sem dúvida a conversão, ou seja, o novo nascimento. Quando o homem nasce de novo, as coisas velhas se passam e tudo se faz novo em sua vida, porquanto, a conversão atuará em três grandes áreas de seu ser: o intelecto, onde você passará a ter a mente de Cristo; as emoções, quando você passará a sentir Deus e viver mais em espírito do que na carne e assim tornando-se uma pessoa emocionalmente curada e na vontade, visto que você passará a entender que a vida que agora vive na fé, vive-a em Deus; obedecendo-O e fazendo a Sua vontade, a fim de ser feliz e operoso na obra deixada por Cristo Jesus.

Outro ingrediente vital para auxilio no processo salvítico é a santificação. Aliás ela é uma das colunas de sustentação da salvação, juntamente com a Justificação e a Regeneração. O escritor aos hebreus disse: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” (Hebreus 12.14).

Deus tem prazer que o crente viva uma vida de santidade. A vontade do Senhor é a santificação da Igreja de Cristo. É essa postura espiritual que torna o crente num vencedor diante do mundo e das investidas do Diabo. Paulo disse: “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação; Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus. Ninguém oprima ou engane a seu irmão em negócio algum, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos. Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação.” (1 Tessalonicenses 4.3-7).

Saiba que é o sangue de Jesus Cristo que purifica o homem dos seus pecados e não outra coisa qualquer, como a água ou a cinza, como muitos fazem depois de pecarem contra Deus durante uma semana por ocasião do carnaval.

Meu conselho para você é que não abandone a sua fé. Mantenha firme a sua esperança e assim fazendo a sua salvação está garantida em Cristo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook