“Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti” (Isaías 60.1).

Com esta palavra me aproximo de encerrar da série de mensagens sobre as particularidades do verbo levantar, à luz da passagem de Isaías 60.1.

Por que muitos não andam conforme o querer de Deus? Porque são instáveis, estão sempre em fraqueza da carne e vivem escorregando, brincando com a fé cristã: “Porque dizia eu: ouve-me, para que se não alegrem de mim; quando escorrega o meu pé, eles se engrandecem contra mim” (Salmos 38.16). Quando o crente procede desta maneira, as pessoas gozam, e escarnecem sem dó.

Esses que dizem estarem de pé, mas sem andarem, é também por causa da a alimentação: Por falta de uma boa alimentação muitos enfraquecem. Estamos numa época de grande fome em todo mundo … fome de alimentos naturais e fome de Deus, principalmente. Tempos em que a vida não tem valor para o homem sem Deus, pois nas grandes cidades, segundo fontes jornalísticas, se mata o ser humano de forma cruel e banal, sem motivo algum… São últimos momentos da igreja aqui na terra, pois estamos às portas do Arrebatamento da Igreja.

Cenas são mostradas com frequência na televisão, onde várias pessoas não conseguem se levantar de tão fracas, morrendo por falta de comida. O mesmo se dá no contexto espiritual, pessoas famintas de Deus, morrendo aos poucos porque não se levantam, não resplandecem a sua luz para que a glória do Senhor seja sobre elas.

Meu amado irmão em Cristo, há comida em abundância na casa de Deus, mas paira um fastio doentio, onde as pessoas não têm mais tempo para Deus, para meditar em sua Palavra, para irem aos cultos de oração, aos cultos de consagração, às vigílias, e aos cultos normais de sua igreja.

O profeta Jeremias foi o que foi porque teve coragem de comer e bem a palavra do Senhor: “Achando-se as tuas palavras, LOGO AS COMI, e a tua palavra foi para mim o GOZO e ALEGRIA do meu coração; porque pelo teu nome me chamo, ó Senhor, Deus dos Exércitos” (Jeremias 15.16).

Elias foi outro que ao comer encontrou forças para andar 40 dias e 40 noites até o monte de Deus, o Horebe: “E deitou-se, e dormiu debaixo de um zimbro e eis que então um anjo o TOCOU e lhe disse: ELIAS, levanta-te, come. 6. E olhou e eis que à sua cabeceira estava um pão cozido sobre as brasas e uma botija de água e comeu e bebeu e tornou a deitar-se. 7. E o anjo do senhor tornou segunda vez, e o tocou e disse: levanta-te e come, porque mui comprido te será o caminho. 8. Levantou-se, pois e comeu e bebeu e com a força daquela comida caminhou 40 dias e 40 noites até Horebe, o monte de Deus” . (1 Reis 19.5-8).

Muitos corações estão fracos, já não ardem mais com a Palavra de Deus, muitos já não dão glória a Deus e aleluias! Não se alegram no Senhor: “E disseram um para o outro: porventura não ardia em nossos corações quando, pelo caminho, nos falava e quando nos abria as Escrituras” (Lucas 24.32). A Palavra santifica, limpa, purifica, anima, revela, exorta, promove salvação e vida eterna. Conclamo a todos a se envolverem om a Palavra de Deus, não somente lendo, mas também meditando.