“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.” (1 Pe 1.3).

 

A terceira base da esperança do cristão diz respeito à Palavra de Deus. Ele mesmo revelou a Sua Palavra através dos profetas e apóstolos no passado; Ele os inspirou pelo Espírito Santo para escreverem isentos de erros: “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça.” (2 Timóteo 3:16).

É preciso que, os que têm esperança, sejam como um luzeiro, uma candeia em meio as trevas deste mundo: “E temos ainda mais firme a palavra profética à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações; sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.” (2 Pedro 1:19-21).

Pelo fato de que Sua eterna Palavra permanece firme nos céus é que hoje estamos firmes em esperança, fé e amor. Cada cristão deve depositar sua esperança na Palavra de Deus: “Lembra-te da palavra dada ao teu servo, na qual me fizeste esperar.” (Salmos 119:49). E mais, “Aguardo ao Senhor; a minha alma o aguarda, e espero na sua palavra.” (Salmos 130:5). Não deixe de aguardar com paciência o agir de Deus em sua vida. Tenha paciência e espere confiantemente.

De fato, tudo quanto sabemos a respeito de Deus e de Jesus Cristo vem da revelação infalível das Sagradas Escrituras, por isso, se você quer crescer na fé e em esperança, não deixe de meditar nela.

Quando Jó analisa o desfecho de sua vida, ele conclui que tudo o que aconteceu com ele contribuiu para que ele tivesse uma maior intimidade com Deus: “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem” (Jó 42:5). E o Senhor restaurou a sorte de Jó e deu-lhe o dobro de tudo o que ele antes possuía.

Portanto, não se dê por vencido, ainda há esperança… logo você entenderá o propósito de Deus para esta hora. Saiba que, “Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia, para livrar a sua alma da morte e para os conservar vivos na fome” (Salmos 33.18,19).