Pronto para recomeçar

“E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos; Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.” (Lucas 15.21-24).

Depois que o moço voltou a lar paterno, ele fez algo que estava em seu coração: reconheceu o seu erro e pediu perdão a Deus e também ao seu pai. A partir dai as portas celestiais e terrenas começaram a se abrir.

Quantos lutam por uma vida melhor, uma oportunidade para mudar o estado atual de sua vida, quer seja profissional ou mesmo eclesiástica, porém, alguns requisitos precisam ser realizados antes, pela própria pessoa a fim de que o milagre aconteça.

Para que o pródigo recomeçasse uma nova vida de bênção, ele precisou tomar uma decisão primordial: “Levantar-me-ei e irei ter com meu pai…”. Ele precisou se levantar, e ir ao encontro de seu pai. Quantos anos ele ficou pensando no seu lar, e de como poderia encarar o seu pai, seu irmão e pedir-lhes perdão e implorar por uma oportunidade, nem que fosse como empregado?

Um dia, no auge da crise, em extrema situação de miséria, ele resolveu voltar, e tentar o recomeço. Do jeito que estava pegou estrada e como um andarilho se foi. Ao chegar a recepção foi diferente da que ele imaginava. Seu estava há anos a sua espera e logo disse aos seus empregados: “Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos; Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.”.

Assim como o filho pródigo, tem muitos que gostariam de um recomeço, de outra oportunidade para recomeçar a vida, porém, sentem vergonha de tudo e de todos, e não compreendem que a misericórdia de Deus ainda é viva e eficaz e que basta somente uma atitude sábia de sua parte para que seja aceito de novo no meio, e possa encontrar o perdão e ser novamente transformado, restaurado e começar tudo novo.

Não deixe de lutar por uma vida melhor. O amanhã pertence ao Senhor e Ele jamais desamparar um justo. Reconcilie-se com o Eterno e tome uma decisão de se arrepender, pedir perdão aquém pode lhe perdoar e pela fé receber a vitória que irá chegar para você. Você está pronto para recomeçar?

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook