“E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos; Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.” (Lucas 15.21-24).

 

O jogo baleia azul, ou simplesmente “Blue Whale” nada mais é do que o caminho para o suicídio, para a morte, para os braços de Satanás. Pois se trata de um caminho, com regras a fim de que o adolescente ou mesmo o jovem se enverede e caia nas garras afiadas do Diabo, tirando a sua própria vida. Isso é diabólico e estarrecedor e os que caem nessa armadilha, caem realmente no inferno.

Esse modismo, atinge em cheio a uma grande massa de adolescentes cujos pais são ausentes, não são amados pelos seus familiares e nem pela sociedade, estão vivendo em estado depressivo, sem orientação e sem um Deus para crer, ou seja, sem rumo e sem perspectiva de uma vida melhor. São meninos e meninas cuja mente estão vazias e perturbados, onde muitas vezes se acham mergulhados no mundo das drogas e dos vícios, abandonados e sem esperança nenhuma de uma vida melhor.

A Baleia não é Azul, não é da cor de anil, mas é negra, untada pelo azeite da perdição, do pecado, cuja luz não existe para essa mente vazia e sem Cristo, cuja iniquidade é como um abismo mortal.

O suicídio sempre foi uma marcante entre os jovens e adolescentes, porém, com esse requinte de crueldade, sendo manipulado por alguém, extremamente de mente doentia e infernal, é que torna o jogo baleia azul cada vez mais atrativo. Se você disser para algum menino ou menina que acessa um jogo desses, vai lá e se atira do terceiro andar de um edifício, ele não irá cumprir de imediato essa ordem, mas através de passos subsequentes: desenhe uma baleia no corpo com gillette, ou navalha, as 04:00h da manhã, e depois faça isso, e aquilo, então, tais passos deixam o adolescente em profunda ansiedade pelo passo seguinte e quando ele se dá conta, é o último passo, o da morte e ele com naturalidade executa, tirando a própria vida, não pensando nem mesmo em sua família e amigos.

O jogo começou na Rússia por volta do ano de 2015 e está se espalhando mundo afora pelas redes sociais, todavia, não é motivo para pânico, mas é preciso que os pais, educadores e responsáveis, redobrem a vigilância e amem mais esses meninos e meninas, que vivem traumatizados por uma série de fatores negativos que vem acontecendo desde cedo em suas vidas. Baleia Azul é um jogo macabro e, como uma espécie de gincana, vai envolvendo o jovem a enfrentar desafios e provar o quanto eles são capazes e por último eles perdem a vida. Isto é algo diabólico.

A curiosidade é um fator que poderá levar esses adolescentes a acessarem a Internet somente pelo prazer de descobrir os mistérios do jogo, porém, alguns deles, mais ousados se envolvem com mais disposição e quando desistem de prosseguir são ameaçados, ou alguém da sua família, então, ele vai adiante até o suicídio. Isto é muito triste.

Quando o desejo estiver aguçado por esse maldito jogo, então, clame a Deus, converse com seus pais ou responsável e peça oração a quem poderá te ajudar intercedendo ao Senhor por você.