Os Vasos da Casa do Senhor #4

“Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e {…} E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos. ” (2 Tm 2.20-26).

 

A igreja de Cristo não pode caminhar firmemente sem a presença de vasos valorosos. A igreja se corrompe quando não há profecias, e para que haja vasos com esse dom é preciso que as pessoas se purifiquem e tenham uma vida de santificação, sendo, portanto, vaso de honra, apto para uso constante do Espírito Santo.

 

 

Que tipo de vaso é você? De honra ou de desonra? Alguns vasos são logo identificados pela massa evangélica: os vasos típicos de ornamentação, decorativos “E todo o vaso de barro, em que cair alguma coisa deles, tudo o que houver nele será imundo, e o vaso quebrareis” (Lv 11.33). Decorativo porque caiu a fé; Decorativo porque caiu a graça; Decorativo porque perdeu o valor, o brilho, a utilizade.

A pior coisa que o homem pode ouvir de Deus é: “Não conto mais contigo para essa grande obra. Deus certa vez chamou a Moisés e disse: sobe aqui no monte Nebo e contempla a terra prometida… Não conto mais contigo para guiar o meu povo.

Deus certa vez chamou a Samuel e disse: Não conto mais com Saul, e tu, até quando terás dó de Saul? Deus também foi firme para com o Sumo Sacerdote e Juiz em Israel, Eli: Deus levantou um profeta para lhe entregar uma mensagem:

“E veio um homem de Deus a Eli, e disse-lhe: Assim diz o Senhor: Não me manifestei, na verdade, à casa de teu pai, estando eles ainda no Egito, na casa de Faraó? E eu o escolhi dentre todas as tribos de Israel por sacerdote, para oferecer sobre o meu altar, para acender o incenso, e para trazer o éfode perante mim; e dei à casa de teu pai todas as ofertas queimadas dos filhos de Israel. Por que pisastes o meu sacrifício e a minha oferta de alimentos, que ordenei na minha morada, e honras a teus filhos mais do que a mim, para vos engordardes do principal de todas as ofertas do meu povo de Israel? {…} O homem, porém, a quem eu não desarraigar do meu altar será para te consumir os olhos e para te entristecer a alma; e toda a multidão da tua casa morrerá quando chegar à idade varonil. E isto te será por sinal, a saber: o que acontecerá a teus dois filhos, a Hofni e a Finéias; ambos morrerão no mesmo dia. {…} e dirá: Rogo-te que me admitas a algum ministério sacerdotal, para que possa comer um pedaço de pão.” (1 Samuel 2.27-36).

Eli, eu não conto mais contigo. Eli eu não conto mais com teus filhos, Hofni e Finéias. Certamente, ambos os filhos foram vasos quebrados, rachados: “Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns. Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade.” (2 Tm 2.16-19).

Não deixe de ser um vaso usado pelo Espírito Santo.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook