Qual igreja não enfrenta algum tipo de crise?

“E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales; Porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade.” (Atos 18.9,10).

 

O apóstolo Paulo estava na cidade de Corinto quando Deus lhe falou tais palavras de incentivo e apoio ao seu ministério evangelístico. A igreja ali estabelecida enfrentava algumas dificuldades de ordens espirituais, apesar de fazerem uso frequentemente dos dons espirituais evidenciados entre os irmãos ali.

Paulo ensinou a Palavra aos irmãos de Corinto, ajudado pelo casal Áquila e Priscila, porém, a igreja ali enfrentava um grave problema o da divisão: “Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo. Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo?” (1 Coríntios 1.11-13).

Uma igreja em crise. Uma igreja dividida, contenciosa onde a união estava longe de ser uma marca entre seus membros. Quando estudamos com mais profundidade a igreja de Corinto nos dias de Paulo percebemos que se tratava de uma comunidade abençoada na ciência, nos dons espirituais e também não tinham grandes dificuldades na área financeira, porém, havia contendas entre alguns grupos.

Observe o relato de Paulo: “Porque em tudo fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento (Como o testemunho de Cristo foi mesmo confirmado entre vós). De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor.” (1 Coríntios 1.5-9). Esse era o retrato da igreja e Paulo disse que não pode falar a eles como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.

As igrejas de hoje, qualquer que seja a denominação, também enfrentam dificuldades em suas bases, que sejam doutrinárias, no relacionamento entre os irmãos etc., porém, o nosso Cristo é capaz de continuar nos abençoando através do Consolador o Espírito Santo. É preciso que todas igrejas continuem orando e buscando com coração sincero ao Senhor Deus e lutando para serem diferentes daqueles que estão no mundo e vivem na carne e não no espírito. Amém!

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook