Quando o fogo de Deus desce e faz um estrago…!

“E aconteceu que, queixou-se o povo falando o que era mal aos ouvidos do Senhor; e ouvindo o Senhor a sua ira se acendeu; e o fogo do Senhor ardeu entre eles e consumiu os que estavam na última parte do arraial. Então o povo clamou a Moisés, e Moisés orou ao Senhor, e o fogo se apagou.” (Números 11.1,2).

Não são poucas as pessoas que estão sofrendo porque não andam na obediência. Não obedecem as leis vigentes do país, nem a lei que regula a saúde e muito menos a lei de Deus. Quando o homem contraria estas três leis, ele, certamente, pagará um preço por sua desobediência.

Ora, se eu sei que comendo determinada comida irei ser severamente punido, ou seja, me atacará alguma indigestão, ou algum órgão do meu corpo irá ser duramente nocauteado, então, farei de tudo para não tocar naquela comida. Se eu sei que falar ao celular estando dirigindo é uma infração de trânsito, então não devo fazê-lo, pois se for multado pagarei pelo meu erro uma boa quantia.

Contrariar a lei de Deus é a mesma coisa. Se não for punido nesta terra, um dia acabará se explicando a Deus na eternidade, mas, sem punição não ficará. É por isso que o antídoto para o pecado e a iniquidade foi oferecido por Deus ao homem: o sangue de Cristo vertido na cruz do Calvário: “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.” (1 João 1.7).

O acampamento onde esta o povo de Israel depois que saíram do Egito foi chamado de “Taberá”, ou seja, ardente, pois ali no deserto o fogo que desceu do céu consumiu e matou os murmuradores contra Moisés: “Pelo que chamou aquele lugar Taberá, porquanto o fogo do Senhor se acendera entre eles.” (Números 11.3).

Deus não deseja matar ninguém, nem punir o homem sem causa. Deus é misericordioso e tem oferecido a todos o Seu maravilhoso Plano de Salvação e para isso não poupou ao Seu único Filho, Jesus Cristo para morrer por todos nós. Ele, Jesus Cristo levou nossas cargas pesadas que estavam sobre os nossos ombros, traduzidas por pecados, iniquidades: “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.  Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos.” (Isaías 53.4-6).

Reconcilie-se com Deus, e não permita que Sua ira recaia sobre ti e tua família. Deus te ama e quer o melhor para ti.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook