“E clamando Jesus com grande voz disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isso, expirou” (Lucas 23.46).

Valeu, valeu mesmo Jesus! Por tudo que fizeste por mim e por aqueles que reconheceram, reconhecem e reconhecerão sempre o quão glorioso e benigno foi o teu sacrifício na cruz do Calvário. Valeu, valeu mesmo, pois não tínhamos condições nenhuma de reverter a situação pecaminosa em que nos encontrávamos; não tínhamos absolutamente como voltar a ter comunhão com Deus e tão pouco pagar pelas nossas dívidas, mas Deus enviou o socorro, o Salvador, Jesus Cristo, Seu Filho unigênito.

Através de Jesus, agora, alcançamos a graça salvadora, porquanto, Seu amor foi tão grande que Ele é capaz de nos encher de alegrias e paz, sem contar com a garantia de vida Eterna.

Valeu Jesus! Por teres riscado a cédula que era contra todos nós, a qual tu a cravastes na cruz e decretastes a nossa vitória perante o Senhor Deus Pai. Foi na cruz que a nossa vitória foi conquistada e hoje somos mais do que vencedores em Cristo: “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.” (Cl 2.14). Este ato decretou para todo o sempre a libertação de todo aquele que crer em Jesus.

Valeu Jesus Cristo! Pois estávamos andando desgarrados como ovelhas que não têm pastor, cada um se desviava pelo seu caminho e Tu, como o sumo pastor, saíste à procura da ovelha perdida, desgarrada, ferida e em grande perigo de vida. Tu deixaste o Teu trono de glória, e habitaste entre nós. Amou-nos de tal maneira que deu a Sua própria vida em resgate dos homens. Valeu Jesus! Nós realmente não tínhamos esperança de salvação e muito menos de vida Eterna, mas agora estamos mais do que gratos por tudo que fizestes por nós. O Teu sacrifício foi perfeito e hoje, quem crer será salvo.

Valeu Jesus! Pois com a tua morte pensamos que havíamos perdido o direito ao céu, porém, foi o contrário, quando tu entregaste ao Pai o teu espírito e na cruz expirou, ressuscitando ao terceiro dia, então, tudo mudou para os que creem, pois nos tornamos herdeiros e coerdeiro em ti. Valeu, valeu mesmo, meu Senhor.

Hoje, reina nos corações dos que creem em Jesus uma superabundante graça. Os angustiados de alma são convidados a glorificarem o nome de Jesus e receberem do Espírito Santo o consolo e o refrigério perfeito para alentar o espírito.

Valeu Jesus! Valeu por tudo que até aqui tem feito por nós. Valeu pela execução perfeita do Plano de Salvação do Pai para todos os que creem em Teu nome. Valeu por ter morrido por nós, por ter levado sobre si as nossas dores e as nossas enfermidades. Valeu, valeu mesmo, pois com a tua morte alcançamos a vitória e temos condições de vencer a carne, o mundo e Satanás. Em ti Senhor, somos mais do que vencedores.

Valeu, valeu, valeu mesmo Jesus!