“Levanta-te, clama de noite, no princípio das vigílias, derrama a o teu coração como águas diante da face do Senhor; levanta a Ele as tuas mãos pela vida de teus filhinhos” (Lamentações 2.19).

Uma família bem estruturada, jamais abandonará seus filhos. Estes são bênçãos e devem chegar ao céu assim como os seus pais.

A riqueza do lar, são os filhos. “Herança do Senhor” e “Rebentos da oliveira, à roda da tua casa”, assim se expressa o rei Salomão nos Salmos 127 e 128, uma verdadeira exaltação aos frutos do ventre.

Os filhos, mais do que nunca, precisam ser ensinados à luz da Palavra de Deus. É um mandamento divino, a fim de terem eles, os seus dias prolongados. Quantos morrem sem se quer chegar a idade adulta, tudo porque não conhecem e nem praticam a verdade, muito menos amam a Palavra de Deus.

Os pais, principalmente, os cristãos, não podem negligenciar com a criação de seus filhos. É preciso investir nas crianças, ensiná-las as verdades das Escrituras Sagradas, ganha-las para Jesus Cristo, antes que o mundo as estrague e lance-as no inferno. A própria Bíblia afirma que a instrução irá moldar o caráter da criança: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele” (Pv 22.6).

“… Levanta a Ele as tuas mãos pela vida de teus filhinhos”. Nos dias tão agitados e difíceis em que vivemos o melhor conselho é este. A cada dia e a cada instante estamos expostos ao perigo, todavia, é preciso levantar as mãos a Deus dando-lhe graça pelos seus filhos e intercedendo pelo crescimento e bem-estar espiritual deles. A vida de teus filhos tem muito valor. Ore por eles, consagre sua vida por eles.