“Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade” (João 17.17).

Antes de Jesus de Nazaré ser preso, próximo do ribeiro de Cedrom, no monte das Oliveiras, num lugar chamado Getsêmani, estava ele e seus discípulos em espírito de oração. Ele antes de ser entregue por Judas aos soldados que iriam prendê-lo e leva-lo à presença do Sinédrio, ele fez uma oração intercessora ao Pai e pediu a santificação de todos quantos criam nEele.

A Bíblia diz: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12.14). Aqui se encontra fundamentado a obrigação para todos aqueles que desejam um dia se encontrar com Deus. Sendo este, santo, santo, santo, logo, Ele requer de seus servos santidade. Essa santidade significa: vier em absoluta pureza moral, não permitindo tolerância ao pecado, porque Ele, o Senhor, não peca.

A santidade é um atributo divino, e que, só a Ele se refere, pois faz parte de sua própria natureza e é a distinção que há entre, Deus puro e santo, e, o homem pecador.

A santificação tem objetivos bem definidos, os quais devem ser praticados e vividos por todos que desejam vê ao Senhor em glória. Agradar a Deus é um deles; o desejo de tornar-se participantes da natureza divina e lutar por ela preservando todos os bens recebidos de Deus é mais um; outro objetivo é o esforço e a dedicação do salvo para tornar-se apto para o serviço a ele confiado por Cristo e por último, a vontade de estar, constantemente, na presença de Deus.

Ser santificado pela Palavra se constitui num ato de fé. É pela fé que a instrumentalidade da Palavra se faz eficiente na vida cristã. A fé é ao mesmo tempo o resultado da obra santificadora do Espírito e, sem dúvida, o meio principal para Sua obra santificadora ulterior. Por meio da santificação de cada crente, ele é confirmado em santidade ao fim do processo. Santo foi Adão na criação, mas não foi confirmado em santidade, ele desobedeceu ao Senhor Deus, fato este bem enfatizado pela pregadora de ontem à noite.

A natureza progressiva da presente santificação está bem implicada em Hebreus 2:11 e 10:14, onde está empregado o particípio presente, que sempre denota ação progressiva. Ela é também em parte externa, todavia, a presente santificação é inteiramente interna, pois atua no homem interior, mas, é incompleta nesta vida, porquanto, jamais ganha perfeito controle sobre a natureza carnal.  A Palavra de Deus é um meio que santifica aqueles que creem em Jesus Cristo.

(continua amanhã)